Jovens têm mais medo de outros motoristas do que de cobras e da morte
476
Compartilhamentos

Jovens têm mais medo de outros motoristas do que de cobras e da morte

Último Vídeo

Segundo uma pesquisa realizada nos Estados Unidos pela Penn Schoen Berland em parceria com a Ford, as gerações de hoje têm medos diferentes daqueles que seus pais ou avós tinham quando eram jovens. Os consumidores das gerações Y (16 a 22 anos) e Z (23 a 34 anos) têm mais medo de motoristas imprudentes e distraídos do que da morte, de falar em público, de cobras e aranhas. O estudo também revela que, para eles, a tecnologia pode ser uma grande aliada para solucionar essas preocupações quando o assunto é o trânsito.

Encontrar pela frente motoristas que se comportam de forma perigosa é o principal medo de 88% desses jovens, à frente da necessidade de ter de falar em público (75%) da morte (74%) e de cobras e aranhas (69%).

As situações do trânsito mais preocupantes para os motoristas entre 16 e 34 anos incluem:

“Pesquisas como essa são importantes para a Ford e para outras montadoras porque abordam as situações que causam mais estresse nos consumidores”, diz Cristal Worthem, gerente de Marketing da Ford Motor Company. O estudo também mostra que 65% dos jovens são mais propensos a comprar um carro que tenha tecnologia para ajudar com estacionamento paralelo e 62% querem tecnologia para detectar objetos em pontos cegos.

A pesquisa foi realizada nos Estados Unidos entre os dias 29 de abril e 4 de maio de 2015, com mil entrevistados das gerações Y e Z.

Via assessoria.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.