(Fonte da imagem: Thinkstock)

Se você achava que já tinha ouvido todo tipo de bizarrice possível relacionada aos sistemas penitenciários que existem pelo mundo, prepare-se para uma nova! De acordo com o site Slate, os chineses endinheirados que são condenados à prisão podem contratar dublês para cumprir as penas em seus lugares.

Segundo a publicação, embora a prática não seja tão comum assim — afinal, aparentemente apenas uma pequena fração da população poderia se dar a esse tipo de luxo —, essas transações também não são consideradas raras. Elas inclusive fazem parte da cultura desse país há centenas de anos e até contam com um nome específico para essa “profissão”: ding zui (ou criminoso substituto, em tradução livre).

Prisioneiros de aluguel

Além disso, os valores do contrato de trabalho são negociados entre o criminoso e o dublê, sendo notórios os casos de pessoas que receberam US$ 8 mil (cerca de R$ 16 mil) pelo tempo que passaram presas, e até de um dublê que teria recebido US$ 31 por dia de confinamento (aproximadamente R$ 62).

E, além de cumprirem penas, alguns dublês inclusive chegam a ser contratados para substituírem os ricos em execuções, recebendo grandes somas de dinheiro para isso. Aparentemente, tal sacrifício seria feito por pais desesperados para salvar famílias famintas.

Fonte: Slate