Maçons devem eleger seu novo grão-mestre no próximo sábado
159
Compartilhamentos

Maçons devem eleger seu novo grão-mestre no próximo sábado

Último Vídeo

De acordo com a Folha de S.Paulo, no próximo sábado, dia 09 de março, ocorrerá a eleição que deve eleger o próximo grão-mestre de uma das três maiores potências maçônicas do país, conhecida como Grande Oriente do Brasil ou simplesmente GOB. Segundo a publicação, cerca de 40 mil homens devem participar da votação, escolhendo entre três candidatos aquele que será o chefe máximo da instituição.

A hierarquia interna da maçonaria se parece bastante à da República — com deputados, governadores e juízes para comandar a instituição —, e o cargo de grão-mestre equivale ao de presidente. Para as eleições atuais, existem três candidatos competindo pelo cargo máximo: Mozarildo Cavalcanti, Benedito Marques Ballouk e Marcos José da Silva. Confira mais informações abaixo.

Campanha maçônica

Fonte da imagem: Reprodução/Folha de S.Paulo

O primeiro candidato, Benedito Ballouk, é advogado membro do Tribunal de Contas do Município de São Paulo e ex-grão-mestre do Estado, o equivalente a um ex-governador da maçonaria. O segundo, Marcos José da Silva, é servidor público aposentado do Banco Central e candidato à reeleição, já que é o atual grão-mestre do GOB. O terceiro candidato, Mozarildo Cavalcanti, é senador na vida real, tendo concorrido — e perdido — em outras duas eleições.

A campanha eleitoral costuma ser bem concorrida, tal como ocorre durante as eleições convencionais — tanto que Mozarildo Cavalcanti chegou a desistir de participar da eleição de Renan Calheiros para presidente do Congresso para se dedicar à sua campanha para grão-mestre, chegando a tirar uma licença de quatro meses para isso.

Maçonaria no Brasil

Logo do Grande Oriente do Brasil Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia

O GOB foi fundado em 1822, e depois de divergências internas um grupo acabou se separando e fundando uma ordem concorrente, a Grandes Lojas, em 1927. Algumas décadas depois, em 1973, novos conflitos deram origem a uma terceira organização, a Grandes Orientes Independentes e, juntas, estima-se que existem no Brasil cerca de 220 mil maçons afiliados.

Além de ser a potência maçônica mais antiga do país, o GOB teve participação crucial em diversos momentos que marcaram a história do Brasil, como a proclamação da república, a abolição da escravatura e até a independência. Entre alguns dos grão-mestres mais ilustres estão D. Pedro I, Duque de Caxias e Marechal Deodoro da Fonseca. Atualmente, Michel Temer, vice-presidente do Brasil, também faz parte do GOB.

Algumas curiosidades sobre a maçonaria

Esquadro e Compasso Maçônico Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia

  • O termo maçonaria significa “construção” em francês, e a instituição teve origem na Europa da Idade Média entre os pedreiros que trabalhavam erguendo muros de templos, castelos e muralhas;
  • A organização é definida como uma sociedade fraternal formada por homens livres e de bons costumes, patrióticos, filantrópicos e engajados em promover os princípios de liberdade, igualdade e fraternidade;
  • Os rituais secretos envolvem uma série de simbolismos, ocorrendo em templos decorados com símbolos do zodíaco, colunas gregas e imagens de corpos celestes;
  • Deficientes físicos e mulheres não podem se tornar maçons;
  • Os ateus não são aceitos como maçons, pois todos devem acreditar em algum tipo de ser superior, independente da religião de cada um;
  • Apenas os mestres das lojas maçônicas podem votar nas eleições para grão-mestre.
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.