(Fonte da imagem: Reprodução/Corbis)

Um aspecto interessante da fotografia é o poder de capturar momentos mágicos e totalmente espontâneos, capazes de nos contar toda uma história através de apenas uma imagem. Um exemplo disso é a icônica fotografia acima, que se tornou uma das mais famosas do mundo por registrar um momento único e por ser de autoria desconhecida.

Contudo, de acordo com uma notícia do Daily News, a imagem tida como espontânea pode, na verdade, ter se tratado de uma cena totalmente montada. Conhecida como "Lunch atop a skyscraper" (ou "Almoço no alto de um arranha-céu", em tradução livre), a imagem de 1932 mostra 11 trabalhadores no alto de 69 andares — ou 260 metros de altura — do famoso edifício Rockfeller Center, de Manhattan, conhecido na época como o mais alto do mundo.

Ação promocional

Segundo a publicação, a Corbis, empresa detentora dos direitos da imagem, revelou que a fotografia provavelmente foi encenada para servir como ação promocional por parte do edifício. Aparentemente, os homens realmente eram trabalhadores envolvidos com a construção do prédio e acostumados a perambular pelas vigas. Entretanto, a imagem foi capturada durante um evento publicitário, envolvendo diversos fotógrafos.

Aliás, a foto foi recentemente atribuída a Charles C. Ebbet. Entretanto, depois das recentes revelações, pode ser que a imagem nem se trate realmente de autoria desse fotógrafo, mas sim de qualquer outro profissional presente no evento. De qualquer maneira, independente de ter sido uma encenação ou não, a foto continua sendo interessante, você não acha?

Fontes: Daily News e Corbis