De acordo com a NASA, a sonda espacial Cassini, em missão exploratória ao redor de Saturno desde 2004, registrou algumas imagens surpreendentes de objetos atravessando os anéis do planeta. Mais precisamente, o anel que aparece nas imagens é o F — o mais externo de todos eles —, que apresenta uma circunferência de quase 900 mil quilômetros.

Os objetos que aparecem nas imagens são esferas de gelo com comprimentos entre 40 e 180 km, que atravessam os anéis com uma velocidade aproximada de 2 metros por segundo. Ao passar através dos anéis, os objetos arrastam partículas presentes neles, criando os rastros que podem ser observados nas fotografias capturadas pela sonda espacial.

Este fenômeno parece ser bastante comum, e a NASA acredita que as esferas são produzidas pela lua Prometheus, que possui 40 km de largura e orbita nas margens do anel F. Aparentemente, a gravidade da pequena lua faz com que partículas de gelo se agrupem, formando as enormes esferas registradas pela Cassini.