Sexo faz bem, mas qual é a frequência ideal?
1.283
Compartilhamentos

Sexo faz bem, mas qual é a frequência ideal?

Último Vídeo

Não há dúvidas de que fazer sexo nos deixa mais felizes, dispostos, de bem com a vida, com a pele brilhando e uma vontade maluca de dançar qualquer música do Sinatra pelas ruas da cidade. A questão é: quantas vezes por semana precisamos fazer sexo para ter uma melhora significativa de humor? Antes de continuar lendo a matéria, pense com calma e veja, depois, se você consegue acertar o resultado.

A resposta para essa dúvida intrigante e bastante sensata foi dada por uma pesquisa divulgada no Social Psychological and Personality Science. O documento foi uma análise de duas pesquisas, sendo que uma delas foi realizada durante 23 anos com mais de 25 mil pessoas.

Dos indivíduos pesquisados, dois terços eram casados ou estavam em relacionamentos sérios de longo prazo. A análise revelou que, de fato, fazer sexo traz inúmeros benefícios para a nossa saúde física e mental, e que a média necessária para que tenhamos a sensação de felicidade é a de uma vez por semana.

Acha pouco ou está bom assim?

Sexo bom é com consentimento e com camisinha, hein!

De acordo com a responsável pelo estudo, Amy Muise, é comum que os casais se sintam pressionados a fazer muito sexo. Segundo ela, estabelecer essa média de sexo uma vez por semana é uma forma de ter um objetivo realista. Muise nos lembra também de que a pressão por sexo diário ou em uma frequência muito alta faz com que, com o passar do tempo, as pessoas acabem perdendo o interesse pela atividade.

A pesquisadora comenta, no entanto, que a média ideal pode ser, sim, de uma vez por semana, mas que isso não deve fazer com que casais que façam sexo com mais frequência tentem diminuir o ritmo. Muise explica que, para alguns casais, reduzir o ritmo seria reduzir a sensação de satisfação e felicidade, o que não é a intenção. Agora conte para a gente o que você achou dessa pesquisa: uma vez por semana é pouco ou está de bom tamanho?

*Publicado em 25/10/2016

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.