Especialista dá 9 dicas para uma vida sexual melhor
317
Compartilhamentos

Especialista dá 9 dicas para uma vida sexual melhor

Último Vídeo

Não são poucas as pessoas que começam o ano buscando meios de ter uma vida sexual melhor, e foi pensando nisso que o especialista no assunto, Marty Klein, fez uma lista de fatores que promovem uma vida sexual mais interessante e movimentada. Confira a seguir:

1 – Se a ideia não é engravidar, use métodos contraceptivos sempre

Não podemos cair em desculpas como “sou alérgico a camisinha” ou “achei que não poderia engravidar por ter ovários policísticos”. Se o homem já tem filhos e não quer mais, ele pode recorrer à vasectomia, que é um procedimento cirúrgico que não compromete a ereção ou a ejaculação. No caso das mulheres, além da pílula tradicional há métodos como injeção, adesivos e dispositivos intrauterinos – nada que uma boa consulta ginecológica não resolva.

Esses métodos previnem apenas a gravidez, e não a contaminação por doenças sexualmente transmissíveis – aí só mesmo com a camisinha. Outra coisa importante dentro desse tema: a prevenção é de responsabilidade de todos os envolvidos na relação sexual, e não apenas da mulher ou do homem.

2 – Entenda: pessoas heterossexuais podem ter curiosidades sobre sexo com pessoas do mesmo gênero

É normal que elas assistam à pornografia gay ou que tenham fantasias em ficar com alguém do mesmo gênero, assim como é possível que tenham essas experiências na vida real. Isso não as torna menos heterossexuais.

3 – Não deixe de tirar suas dúvidas com um médico

Médicos podem tirar suas dúvidas em relação a muitas coisas sobre sexo: se você usa drogas, se o cheiro do seu corpo causa algum incômodo, se você apresenta problemas para ter ereções ou orgasmos. Tudo isso pode ser discutido com um médico, sabia?

4 – Fez uma proposta e ouviu um não?

Não importa se você sugeriu sexo a três ou se a ideia era assistir a algum tipo diferente de filme, se a pessoa disse não, é fundamental respeitar a decisão dela. Se o assunto ficar martelando a sua cabeça, espere alguns dias e tenha uma conversa sincera sobre o assunto, deixando claro que sua intenção é entender os motivos da pessoa.

5 – Use lubrificantes

De acordo com Klein, lubrificantes melhoram as relações sexuais sempre, mesmo quando não há penetração. Ele aconselha que os casais já deixem o produto perto da cama, e não em algum armário longe. “E se seus filhos encontrarem e fizerem perguntas, diga a verdade sobre o que é”, recomendou.

6 – Se a pessoa com quem você está assiste a muita pornografia e isso gera algum incômodo, saiba falar sobre o assunto sem julgamentos

Pergunte por que a pessoa se interessa tanto por aquele tipo de pornografia, tente descobrir se há vontade de reproduzir o que acontece nos vídeos e, se ela disser que não, apenas acredite nela. Pornografia não é um bicho de sete cabeças, ainda que muitos filmes sejam malfeitos – o bom é que é cada vez maior o número de produtoras que têm se preocupado em apresentar cenas mais reais de sexo.

7 – Beije mais

O beijo é mais íntimo do que o sexo em si e não deve ser visto apenas como uma parte das preliminares. Casais que estão juntos há mais tempo e se beijam mesmo quando a ideia não é fazer sexo são mais unidos e conseguem manter o clima de romance.

8 – Não faça sexo se não estiver com vontade

Tem dias em que você simplesmente não vai querer fazer sexo, e não há nada de errado com isso. Errado é aceitar manter relações com alguém por achar que tem essa “obrigação”. Aqui também entra em questão o bom e velho consentimento: quando uma pessoa diz “não”, é preciso respeitá-la.

Em casais que estão juntos há mais tempo, é possível ter mais intimidade para dizer que não está com tanta vontade assim de fazer sexo e, inclusive, propor alguma alternativa como “estou muito cansada, então se você fizer a maior parte do trabalho e não se importar com o fato de eu não chegar ao clímax, pode ser” – dica do Dr. Klein.

9 – Aprenda a ver o sexo de outra forma

“Como escrevi em meu livro ‘Inteligência Sexual’, o sexo não é sobre o que os corpos querem – é sobre como as pessoas se sentem. Então faça coisas sexuais que farão com que você se sinta da forma como gostaria de se sentir – perto, agraciado, safado ou seguro – e não o que você pensa que o ‘sexo de verdade’ ou ‘sexo normal’ ou ‘sexo divertido’ envolvem”, disse o terapeuta.

Conheça agora novas pessoas, crie um cadastro no Par Perfeito e marque já um encontre.

***

E aí, o que você pensa sobre os pontos abordados por Klein? Concorda ou discorda muito de algum deles? Deixe sua opinião nos comentários!

*Publicado em 6/1/2017

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.