(Fonte da imagem: Reprodução/NASA)

Tudo bem, pode parecer bobagem dizer que o Sol é redondo, mas de acordo com uma notícia publicada pela CBSNEWS, divulgada pelo pessoal do SPACE.com, a nossa estrela é surpreendentemente mais redonda do que se pensava — ao contrário do que muitos cientistas acreditavam até agora.

Segundo a publicação, os pesquisadores sempre pensaram que o tamanho do Sol variava ao longo de seu ciclo de 11 anos, devido à intensa atividade e magnetismo observados em sua superfície, o que em teoria a tornava maleável.

Entretanto, graças aos dados obtidos através da sonda espacial da NASA Solar Dynamics Observatory, cientistas da Universidade do Havaí conseguiram medir o formato da estrela durante um intervalo de dois anos, monitorando um período no qual a superfície do Sol apresentou variações entre extremos de mínima e máxima atividade.

Redondo até demais

Conforme explicaram os cientistas, todas as medições realizadas até agora haviam sido realizadas aqui da Terra, sofrendo influência e apresentando distorções devido à nossa atmosfera. Contudo, a sonda espacial não sofre com esse tipo de interferência, e os dados enviados por ela revelaram que, na verdade, o formato do Sol não se altera no decorrer do seu ciclo de atividade.

Aliás, além de não variar e de ser mais redondinho do que se havia estimado anteriormente, o Sol também é mais achatado, apresentando uma maior distância ao longo da região do equador do que a distância entre os polos.

Fonte: CBSNEWS