Foi por pouco! Terra poderia ter entrado em colapso em 2012
622
Compartilhamentos

Foi por pouco! Terra poderia ter entrado em colapso em 2012

Último Vídeo

Nem impacto de meteoros, nem terremotos ou tsunamis monstros. A causa para um possível colpaso (mas não fim) do mundo em 2012 poderia ter sido uma fortíssima explosão solar, de acordo com o relato de cientistas.

Segundo o jornal Clarín, uma poderosa explosão (ou tormenta) solar poderia ter danificado seriamente os sistemas elétricos e inutilizado totalmente os satélites da Terra em 2012, conforme foi anunciado por pesquisadores norte-americanos na semana passada.

De acordo com as pesquisas realizadas, a explosão solar poderia ter causado estragos no campo magnético da Terra, com efeitos semelhantes a uma que aconteceu em 1859 — conhecida como o Evento de Carrington. Naquela época, o impacto derrubou o sistema de telégrafo de toda a Europa e América do Norte.

Pane geral e prejuízo

Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia

Conforme o que foi dito por Janet Luhmann, física da Universidade de Berkeley, se o evento acontecesse nos dias atuais, os efeitos seriam catastróficos: "Se a explosão tivesse impactado a Terra, provavelmente teria sido como 1859, mas hoje o efeito em toda a nossa tecnologia moderna teria sido desastroso”, disse a cientista em um comunicado.

Um estudo realizado em 2013 estimou que uma tempestade solar como a de 1859 hoje representaria um impacto de 2,6 trilhões de dólares na economia global.

E a tempestade de 2012 em questão aconteceu no dia 23 de julho daquele ano. De acordo com os cálculos de Janet Luhmann e sua equipe de cientistas, se o evento tivesse acontecido nove dias antes, ele teria atingido a Terra em cheio.

Caso tivesse acontecido, as labaredas solares empurrariam os campos magnéticos do nosso planeta, provocando uma mudança nas correntes elétricas e fazendo com que os grandes transformadores elétricos pegassem fogo — gerando uma pane geral nas redes.

A interferência magnética também afetaria os sistemas de posicionamento por satélite, como o GPS. Alguns pesquisadores também consideram até a possibilidade de um grande apagão e detonações atômicas espontâneas. O estudo completo deste evento foi publicado na revista Nature.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.