A invenção que você acabou de ver acima, batizada de Kuru-Kuru Nabe, foi desenvolvida por um dentista — pois é... — japonês que provavelmente morria de preguiça de mexer sua comida no fogão.

De acordo com o site Inventor Spot, Watanabe (o dentista), acabou concebendo a Kuru-Kuru enquanto realizava alguns experimentos em seu consultório. A panela, baseada nas leis da termodinâmica, não só mexe a comida sozinha, como também distribui o calor de forma mais eficiente e constante.

Além disso, quando o conteúdo da panela começa a aquecer e a levantar fervura, o ângulo das espirais dentro da panela faz com que o líquido comece a circular, concentrando os ingredientes no centro do recipiente, evitando que derramem. Só é uma pena que não seja possível fazer brigadeiro nessa panela!

Fontes: Inventor Spot e Watanabe