12 vezes em que o mundo deveria ter acabado, mas continuamos aqui
1.938
Compartilhamentos

12 vezes em que o mundo deveria ter acabado, mas continuamos aqui

Último Vídeo

1. Dezembro de 2015 ou outubro de 2016

Os seguidores de Mae Brussell acreditavam que o mundo acabaria antes mesmo que nós pudéssemos realizar o amigo secreto da firma em 2015. Eles alegaram que o Planeta X iria colidir com a Terra e que os governos de todos os países tinham acesso a essa informação, mas resolveram esconder da população. Como nada aconteceu, eles decidiram mudar a data para outubro de 2016. Ou seja, se até hoje não acontecer nada, acho que não poderemos mais confiar neles.

2. 29 de julho de 2016

Pode ser que você nem tenha ficado sabendo, mas era para o mundo ter acabado outra vez neste ano. Pelo menos era nisso que acreditava um grupo cristão denominado “The End Times Prophecies” (Profecias do Fim dos Tempos), que chegou a divulgar um vídeo dizendo que os polos magnéticos da Terra iriam se inverter, causando uma drástica mudança de temperatura que levaria à extinção da humanidade. Ao que tudo indica, não foi dessa vez.

3. 23 de agosto de 2013

O famoso Grigori Rasputin, que viveu entre 1869 e 1916, previu que em 23 de agosto de 2013 uma “terrível tormenta” cairia sobre a Terra, e o fogo iria consumir nossas vidas. Como vocês podem notar se olharem para o lado, ainda estamos aqui.

4. 21 de dezembro de 2012

Não dá para fazer uma lista de “fins do mundo” sem falar em profecia maia, não é? Pois bem, as interpretações vieram de dois monumentos dessa civilização: a Estela 6, do antigo assentamento de Tortuguero, e a Estela 1 de Cobá, em Quintana Roo, e diziam que o nosso fim estava marcado para 21 de dezembro de 2012.

Como nada aconteceu na data prevista, eles explicaram que existiam diferenças entre os calendários gregoriano e maia e mudaram a data para 3 de junho de 2016. 

5. 2011

Harold Camping é o cara mais persistente do mundo: ele previu o fim dos tempos uma dúzia de vezes, incluindo duas datas em 2011! Seus seguidores venderam suas propriedades e ele fez vários outdoors preparando as pessoas para o juízo final.

O mundo não acabou, mas Harol nunca mais poderá prever a nossa despedida da Terra, já que ele morreu em 2013.

6. 1º de janeiro de 2000

Quem não se lembra do Bug do Milênio? O problema central envolvia o fato de os sistemas antigos desenvolvidos durante o século 20 armazenavam e interpretavam datas com dois dígitos de ano.

Com isso, surgiu a preocupação de que, com a virada do milênio, os sistemas reconhecessem o novo ano como 1900. Imagine só os bancos que teriam suas aplicações com juros negativos e os investidores com imensos prejuízos: uma tremenda confusão.

Para ajudar, tinha gente acreditando que tudo quanto era máquina iria parar, as redes de energia iriam morrer, usinas nucleares ficariam sem controle: caos, terror e desespero. Mas nós sobrevivemos a mais esse evento.

7. 11 de agosto de 1999

“Em 1999 e sete meses,
do céu virá um grande rei do terror.
Ressuscitará o grande rei D'ANGOLMOIS.
Antes que Marte reine pela felicidade.”

Nostradamus escreveu isso há centenas de anos, o que não impediu os seus devotos de interpretarem as frases como sinônimo de fim da humanidade.

8. 23 de março de 1994

Neal Chase, líder do “Bahá'í”, previu que Nova York seria destruída por uma bomba nuclear em março de 1994 e que 40 dias depois começaria a batalha do Armagedom.

9. 31 de dezembro de 1988

Hal Lindsey é um pastor evangélico, que defendeu sua teoria de que o mundo teria seu fim em 31 de dezembro de 1988. Em seu livro “The Late, Great Planet Earth”, publicado em 1970, existiam diversas teorias polêmicas, incluindo a de que Satanás estaria vivendo de boa na Terra.

10. 19 de maio de 1910

Em 1910, o pânico tomou a população com a notícia de que o Cometa Halley passaria muito perto da Terra e o gás venenoso presente em sua cauda iria aniquilar a nossa existência. Mas não aconteceu nada de mais.

11. 1666

Se eu fosse escolher um dia para o mundo acabar, certamente seria em 1666, já que o “666” é muito simbólico. Pois bem, nessa época, as coisas não iam muito bem em Londres, que a peste negra havia matado um quinto da população. Além disso, muitas pessoas interpretaram o Livro das Revelações de maneira errônea, acreditando que o número 666 era a marca da Besta (como você é Mega Curioso, já deve ter lido aqui que essa informação não é verdadeira).

Some tudo isso ao grande incêndio ocorrido em Londres, que durou três dias e destruiu dezenas de milhares de casas e edifícios. Essas pessoas realmente tinham o direito de acreditar no fim do mundo.

12. 1º de fevereiro de 1524

O astrólogo alemão Johannes Stöffler causou pânico ao divulgar que o mundo acabaria em 1º de fevereiro de 1524 devido a uma grande inundação. Não preciso nem dizer que a galera fugiu para os pontos mais altos da região, que teve quem construísse arca e tudo, e para quê? Apenas uma leve chuva. Pois é.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.