Mais animaizinhos que parecem inofensivos, mas que podem ser mortais
150
Compartilhamentos

Mais animaizinhos que parecem inofensivos, mas que podem ser mortais

Último Vídeo

Esta semana publicamos aqui no Mega Curioso uma lista com cinco criaturinhas que parecem inofensivas — e que chegam até ser belas —, mas que podem ser mortais para os humanos. No entanto, existem na natureza muito mais animais desse tipo que, seja por que são pequeninos, coloridos ou curiosos, podem enganar a maioria de nós com relação à sua periculosidade. Confira:

Taturanas assassinas

Fonte da imagem: Reprodução/Ronai Rocha

Já estamos acostumados a tomar cuidado com as taturanas, não é mesmo? Afinal, todo mundo sabe que elas podem ser bem perigosas. E devemos tomar muito cuidado mesmo, pois uma das espécies, a Lonomia, produz um poderoso veneno que pode provocar insuficiência renal, hemorragias e até a morte. A boa notícia é que existe um antídoto para o caso de acidentes — o Antilonômico —, produzido a partir das cerdas do inseto pelo Instituto Butantã.

Cobra-marinha

Fonte da imagem: Reprodução/kozy and dan kitchens

Também conhecida como cobra-marinha-nariz-de-gancho, esta espécie é conhecida por ter uma das doses de veneno mais letais do planeta. Felizmente, essa cobra aquática não nada pelas nossas bandas, sendo encontrada principalmente no Golfo Pérsico, Mar da Arábia, Sudeste Asiático, Austrália e região costeira da Ásia Meridional.

O veneno da cobra-marinha-nariz-de-gancho contém neuro e miotoxinas potencialmente letais, e uma quantidade de apenas 1,5 miligrama é suficiente para matar um humano adulto.

Veneno camuflado

Fonte da imagem: Reprodução/Letho

Facilmente confundido com corais e rochas submarinas, o Synanceia verrucosa — popularmente conhecido como peixe-pedra — é um dos peixes mais venenosos de que se tem notícia atualmente. Esse monstrinho é nativo das regiões costeiras dos Oceanos Índico e Pacífico, embora já tenha sido encontrado no Caribe e na Flórida também.

Ele costuma ficar no fundo do mar próximo a corais ou rochas, onde permanece cuidadosamente camuflado, esperando que alguém pise sobre ele. Seu corpo é coberto por espinhos repletos de veneno, e, quando não provocam a morte, a dor é tão excruciante que é normal que as vítimas implorem pela amputação do membro atingido!

Vespa-do-mar

Fonte da imagem: Reprodução/Zoltan Takacs

Eis mais uma criatura que, felizmente, não habita as nossas águas. Nativa da região da Austrália, esta água-viva letal, apesar da aparência superdelicada, conta com uma quantidade veneno em seus tentáculos suficiente para matar 60 humanos adultos em questão de minutos! As vespas-do-mar liberam seu veneno ao mínimo contato, e os tentáculos continuam mortais mesmo depois de separados do corpo do animal.

Estas belas assassinas produzem uma das neurotoxinas mais potentes do planeta que, em contato com a pele, entra na corrente sanguínea, dissolvendo-se nos glóbulos vermelhos. As vítimas, então, sofrem um impressionante colapso generalizado, marcado por dificuldades respiratórias, falência do sistema linfático e parada cardíaca. Três de cada dez pessoas não resistem ao ataque, e os sobreviventes passam semanas inteiras sofrendo de dor.

*Publicado originalmente em 13/03/2013.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.