Monstrengo do fundo do mar parece um alien e pode ser parente dos dinos
736
Compartilhamentos

Monstrengo do fundo do mar parece um alien e pode ser parente dos dinos

Último Vídeo

A ciência está muito evoluída, mas, mesmo assim, o mundo continua nos surpreendendo. Algumas pessoas falam, inclusive, que sabemos mais sobre o espaço do que sobre o nosso próprio planeta. Em regiões profundas dos mares, habitam seres que poderiam muito bem ter sido imaginados por escritores de ficção científica.

Em 2007, um veículo operado remotamente capturou as imagens acima, de um monstrengo com aparência alienígena. Na verdade, ele mora a 2,5 mil metros de profundidade, no cânion Alaminos, situado no Golfo do México. Achou esse bicho assustador? Trata-se “apenas” de uma Magnapinna – uma lula gigante, com vários tentáculos supercompridos.

Até hoje, os pesquisadores ainda não capturaram nenhuma espécime viva, por isso pouco se sabe sobre esse animal. Os cientistas acreditam que elas são “parentes” dos belemnites – criaturas carnívoras que sumiram da Terra junto com os dinossauros, no fim do período Cretáceo. Se for comprovada essa teoria, esse animais poderiam ser um excelente exemplo de fóssil vivo.

De onde elas vêm? O que comem? Como se reproduzem? Essas perguntas não serão respondidas tão cedo pelo “Globo Repórter” – nem pelo Mega Curioso. E não é porque não queremos: o fato é que não existem muitas informações sobre essas lulas. Os tentáculos aparentemente servem para capturar suas presas, mas não há um consenso sobre isso. Sinistro!

Lula bizarra possui tentáculos gigantescos

***

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.