Tente adivinhar o que é esta “coisa” estranha encontrada no Golfo do México
144
Compartilhamentos

Tente adivinhar o que é esta “coisa” estranha encontrada no Golfo do México

Último Vídeo

O oceano está mesmo repleto de criaturas estranhas e assombrosas! Segundo o The Huffington Post, pesquisadores a bordo do EV Nautilus — uma embarcação utilizada para a exploração oceânica — tiveram uma agradável surpresa durante uma de suas expedições ao Golfo do México. Enquanto se aproximavam de algo que parecia ser um pedaço de plástico roxo ou outro lixo qualquer, os cientistas descobriram que se tratava de um ser vivo. Veja:

Como você acabou de ver, em um primeiro momento os pesquisadores estão convencidos de que a “coisa” roxo-azulada não passa de lixo. No entanto, ao aproximar a câmera e observar mais de perto, o objeto começa a se mover e os cientistas descobrem que, na verdade, o que estão vendo é um exemplar relativamente raro conhecido como Siphonophora. E apesar de dar a impressão de ser uma única criatura, o que vemos no vídeo é uma colônia.

De acordo com o Siphonophores.org, os sifonóforos — como as colônias são chamadas — pertencem a um grupo de animais que inclui as águas-vivas, os corais e os hidroides e são compostos por dezenas de criaturas conhecidas como zooides. Cada integrante da colônia tem uma função específica, assim, enquanto alguns se dedicam a consumir alimentos, outros se ocupam da locomoção, por exemplo.

Colônias coloridas

Com respeito às cores, os sifonóforos que habitam regiões mais profundas costumam ser vermelhos ou alaranjados, e muitos são bioluminescentes, “brilhando” em tons de azul ou verde quando são perturbados. Alguns exemplares podem chegar a medir cerca de 40 metros de comprimento, o que os torna os animais mais longos do planeta.

No entanto, apesar de serem enormes, as colônias são extremamente frágeis e podem se romper com muita facilidade. O exemplar mais famoso é a caravela-portuguesa — Physalia physalis — que, ao contrário do espécime do vídeo, pode ser encontrado próximo à superfície.

Além disso, assim como ocorre com quem tem um encontro acidental com uma caravela-portuguesa, o esbarrão com um sifonóforo como o observado pelos pesquisadores pode ser bem dolorido. Outra curiosidade interessante sobre o exemplar das imagens é que as colônias que habitam regiões mais profundas dos oceanos costumam ser vermelhas ou alanrajadas, e não roxo-azuladas como o do vídeo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.