(Fonte da imagem: Reprodução/FolhadeSãoPaulo)

Arqueólogos encontraram uma caverna na África do Sul com indícios de que os primeiros seres primitivos bípedes a habitarem o nosso planeta possam ter desenvolvido uma “alta tecnologia” da Idade da Pedra. Dentro das instalações rochosas, os paleontólogos afirmam ter descoberto pequenas lâminas que permitiram a construção de instrumentos de pedras há mais de 70 mil anos antes do que se acreditava até hoje.

De acordo com a Folha de São Paulo, as descobertas sugerem que nossos primeiros antepassados do Pinnacle Point (o nome da caverna) tinham uma capacidade maior para o pensamento complexo. Por essa razão, a produção de armas deu a eles uma larga vantagem em termos de instinto evolucionário sobre o Homem de Neanderthal, o que pode ter garantido a eles o título de “intelectuais da época”.

Segundo os autores dos estudos que realizaram a datação do instrumental encontrado, as lâminas poderiam ter sido utilizadas para fazer flechas ou para servir como dardos disparados por lançadores manuais. Isso permitiria que eles fossem capazes de atingir maiores distâncias que as lanças manuais para caçar animais ou mesmo para se defender de invasores.

Ainda de acordo com a Folha, a antropóloga Sally McBrearty, da Universidade de Connecticut, disse que o timing do aparecimento dessa primeira descoberta é muito significativo. Essa data seria coincidente com o período em que os primeiros grupos de seres humanos modernos começaram a migrar da África para outros continentes, e essa tecnologia pode ter sido um fator determinante para essa migração.