Ossada descoberta em estacionamento pertence a infame monarca britânico
08
Compartilhamentos

Ossada descoberta em estacionamento pertence a infame monarca britânico

Último Vídeo

De acordo com a BBC, o esqueleto que havia sido descoberto durante escavações em um estacionamento na Inglaterra realmente pertence ao infame Rei Ricardo III. Segundo a publicação, os arqueólogos responsáveis pelo achado anunciaram que uma série de exames confirmou a identidade da ossada.

O corpo foi encontrado no ano passado, e algumas peculiaridades indicavam a possível identidade do falecido, como um severo desvio na coluna e um grave ferimento no crânio. Para confirmar a descoberta, os arqueólogos — da Universidade de Leicester — realizaram inúmeros exames, entre os quais o de microtomografia computadorizada, de DNA e de datação por radiocarbono.

Sem sombra de dúvidas

(Fonte da imagem: Reprodução/ Universidade de Leicester)

A tomografia revelou a existência de 10 ferimentos — ocorridos antes da morte do indivíduo e não como resultado da manipulação dos ossos —, além de confirmar que o falecido sofria de escoliose e apresentava sinais consistentes com traumas sofridos durante batalhas. Já a datação por radiocarbono apontou que o esqueleto pertencia a alguém na faixa dos 20 ou 30 anos de idade e que viveu no século 15.

Finalmente, os pesquisadores coletaram amostras de DNA dos ossos e compararam ao material obtido a partir de descendentes homens ainda vivos do antigo monarca, e os exames comprovaram, sem sombra de dúvidas, que o esqueleto pertence ao Rei Ricardo III.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.