Arqueólogos descobrem tumba cheia de tesouros na Rússia
36
Compartilhamentos

Arqueólogos descobrem tumba cheia de tesouros na Rússia

Último Vídeo

De acordo com o site Live Science, um grupo de pesquisadores descobriu, em uma necrópole localizada nas montanhas da região do Cáucaso, a sepultura de um antigo guerreiro enterrado com diversas joias. O sítio se encontra próximo à cidade de Mezmay, na Rússia, e os cientistas dataram os artefatos em aproximadamente 2.200 anos.

Entre os objetos descobertos, os pesquisadores encontraram uma espada de ferro com 91 centímetros de comprimento — depositada entre as pernas do guerreiro e apontando em direção à pelve —, dois capacetes de bronze, mais de uma dúzia de objetos feitos em ouro, uma malha de ferro, uma espada de 48,5 centímetros banhada a ouro e diversas armas.

Guerreiro desconhecido

Os objetos datam de mais de 2 mil anos atrás, e, apesar da ação de saqueadores na necrópole, incrivelmente a tumba do guerreiro aparentemente estava intocada. Além das armas e joias, os pesquisadores também encontraram os cadáveres de três cavalos, uma vaca e o crânio de um javali, que eram animais considerados muito valiosos pelos povos bárbaros e servem de evidência sobre a importância da pessoa encontrada na sepultura.

Outros artefatos descobertos no local, como ossos de animais e objetos de cerâmica, indicam que provavelmente ocorreu um banquete durante o funeral para homenagear o falecido. Infelizmente, como não foram descobertos registros escritos sobre o guerreiro, é difícil determinar a sua identidade. No entanto, os pesquisadores acreditam que ele provavelmente tenha sido um líder local e não um governante. Confira os objetos encontrados:

Capacete de bronze

Fonte da imagem: Reprodução/Live Science

Broche de ouro

Fonte da imagem: Reprodução/Live Science

Caneca de cerâmica

Fonte da imagem: Reprodução/Live Science

Espelho de bronze

Fonte da imagem: Reprodução/Live Science

Machado de ferro

Fonte da imagem: Reprodução/Live Science

Pingente de ouro

Fonte da imagem: Reprodução/Live Science

Malha de ferro

Fonte da imagem: Reprodução/Live Science

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.