Cientistas acreditam ter desvendado mais um mistério sobre Stonehenge
29
Compartilhamentos

Cientistas acreditam ter desvendado mais um mistério sobre Stonehenge

Último Vídeo

Stonehenge está entre os monumentos pré-históricos mais ilustres e fascinantes do mundo — e entre os mais estudados também. Afinal, apesar de a estrutura contar com cerca de 5 mil anos de existência, até hoje os pesquisadores quebram a cabeça para tentar explicar sua origem e finalidade.

De acordo com Fiona MacDonald, do portal Science Alert, cientistas da University College London, na Inglaterra, acreditam ter desvendando mais um mistério a respeito de Stonehenge. Segundo explicamos em uma matéria anterior aqui do Mega Curioso — que você pode conferir através deste link —, estudos apontaram que o monumento foi construído ao longo de aproximadamente 1,5 mil anos.

O que sabemos

Levantamentos realizados na área apontaram que a vala que circunda Stonehenge foi cavada por volta do ano de 3 mil a.C., e as pedras que formam o complexo foram levadas ao local cerca de 500 anos mais tarde. Já a organização e disposição dos blocos, assim como a realização de escavações adicionais, continuaram por outros mil anos.

Além disso, análises conduzidas nos blocos maiores (que pesam entre 25 e 30 toneladas) revelaram que eles podem ter vindo de um local situado a pouco mais de 30 quilômetros de Stonehenge. Por outro lado, estudos geológicos sugeriram que as pedras menores (que pesam por volta de 4 toneladas) podem ter vindo de muito mais longe — possivelmente das Montanhas Preseli, em Gales, a cerca de 250 quilômetros de distância de Stonehenge.

Novas informações

Segundo Fiona, os pesquisadores de Londres finalmente identificaram o local de onde os blocos menores foram extraídos. O time — formado por geólogos de arqueólogos — encontraram uma série de cortes em afloramentos rochosos conhecidos como Carn Menyn e Craig Rhos-y-felin que coincidem perfeitamente com o formato e composição das pedras de Stonehenge.

Carn Menyn

Além disso, os cientistas encontraram rochas no local que parecem ter sido deixadas para trás pelos antigos construtores do monumento e que são semelhantes às que compõem Stonehenge. Eles também identificaram uma espécie de ponto de carregamento de onde os blocos provavelmente devem ter partido com destino a Wiltshire — que é o local no qual a estrutura se localiza.

Craig Rhos-y-felin

Contudo, o que mais intrigou os pesquisadores é a época na qual essa atividade toda aconteceu em Gales. A datação por radiocarbono de carvão e nozes queimadas deixadas pelos antigos construtores apontou que eles estiveram no local muito antes de Stonehenge ser construído. Segundo suas análises, os trabalhadores começaram a extrair as rochas de Craig Rhos-y-felin por volta do ano 3,4 mil a.C., e de Carn Menyn, cerca de 3,2 mil a.C.

O monumento, por sua vez, não começou a ser construído até por volta do 3 mil a.C., e os cientistas não acreditam que os antigos construtores levariam quase 500 anos para transportar as rochas de Gales até a Inglaterra. Aliás, é aqui que as coisas começam a ficar interessantes.

Monumento reciclado?

De acordo com Fiona, os pesquisadores acreditam que, na verdade, as rochas que foram usadas na construção de Stonehenge pertenciam a outro monumento, construído em Gales, próximo ao local de onde as pedras saíram. Segundo supõem, essa estrutura teria sido desmontada e transportada até Wiltshire, e as descobertas que os cientistas fizeram inclusive oferecem evidências de como os blocos foram obtidos.

Os pesquisadores teorizam que, primeiro, para extrair as rochas dos afloramentos, bastaria com que os trabalhadores inserissem pedaços de madeira nas fissuras existentes entre os blocos e esperar que a água da chuva fizesse a madeira “inchar” e forçá-los para fora. Depois, os pilares eram colocados em plataformas feitas de terra e pedra e, a partir daí, transportados por animais e pessoas através de um sistema de trilhos de madeira.

Os cientistas devem continuar escavando os sítios galeses em busca do monumento primário que deu origem a Stonehenge, mas estão convencidos de que a estrutura “nasceu” em Gales. O time acredita que está prestes a descobrir o local exato — em algum ponto entre Carn Menyn e Craig Rhos-y-felin —, e que quando conseguir encontrá-lo, provavelmente será possível desvendar o mistério sobre quem foram os construtores e o motivo de a estrutura ter sido criada.

Você tem alguma teoria sobre quem foram os construtores de Stonehenge e qual era a sua verdadeira função? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.