Eclipse solar poderá ser visto em algumas regiões do Brasil neste domingo
2.997
Compartilhamentos

Eclipse solar poderá ser visto em algumas regiões do Brasil neste domingo

Último Vídeo

O mês de novembro acabou de começar e vem com uma ótima notícia para quem gosta de acompanhar tudo o que acontece no céu: neste domingo, 3 de novembro, acontecerá o último eclipse do ano. Desta vez, trata-se de um eclipse solar total.

“Este eclipse solar será visto em parte das Américas do Norte e Central, na região Norte da América do Sul, em estados do Norte e Nordeste do Brasil e em partes da Europa e África”, informou o astrônomo Marcos Jerônimo para o G1.

Tendo o Brasil como ponto de observação, o que veremos é um eclipse parcial. Os moradores do Norte e do Nordeste do país terão uma visão privilegiada, mas isso não significa que o eclipse não poderá ser visto em outras partes do país.

Fonte da imagem: Reprodução/NASA

O fenômeno deve começar cedinho, entre 7h e 8h da manhã na maior parte do território nacional, alcançando o seu pico de visibilidade entre às 8h e 9h. Para saber o momento exato em que o Sol e a Lua se encontrarão na sua cidade e a obscuridade que poderá ser observada, confira a tabela do site Climatologia Geográfica que traz todos os detalhes.

O astrônomo também alerta para que as pessoas que forem acompanhar o fenômeno protejam os olhos de maneira adequada utilizando filtros especiais com proteção UV. Outros tipos de filtros – como negativos ou chapas de raio X – não devem ser usados para não danificar os olhos.

Se você gosta de observar esse tipo de fenômeno, é melhor se programar para não perder o eclipse que ocorre nesse domingo. De acordo com o G1, o próximo eclipse solar do tipo anular está marcado apenas para o dia 14 de outubro de 2023. O fenômeno vai demorar a acontecer, mas também poderá ser visto no Norte e no Nordeste do país. Enquanto isso, o negócio vai ser manter os olhos no céu para conferir as chuvas de meteoros que cairão até lá.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.