10 formas como a Terra poderia ser destruída
159
Compartilhamentos

10 formas como a Terra poderia ser destruída

Último Vídeo

Definitivamente, destruir um planeta não é algo tão simples como alguns possam imaginar. Mesmo assim, os cineastas de Hollywood sempre teimaram em gastar milhões com produções cinematográficas que enfatizam o fim do planeta em que habitamos — a ilustre e cada vez mais destruída Terra —, sempre focando em dois temas: meteoros gigantes e invasões alienígenas.

A verdade é que, caso alguém não tenha criado uma Estrela da Morte (Star Wars), uma nave destruidora de planetas (tipo os Vorlons na série Babylon 5) ou não faça parte de um acordo universal para construir uma via hiperespacial que passe na rota de nosso planeta (O Guia do Mochileiro das Galáxias, do iluminado Douglas Adams), o perigo de destruição — em sua maioria — somente pode ocorrer devido a fenômenos naturais de impactos devastadores.

Com isso em mente, a equipe do MegaCurioso resolveu “caçar” algumas teorias plausíveis para o fim do Planeta Azul, assim como outras bem bizarras, mas que merecem ser citadas aqui, também. Confira:

1. Catástrofe climática

Milhões de pessoas ao redor do globo estão falando sobre os problemas e soluções para o aquecimento global, não é verdade? Além disso, existem aqueles que duvidam seriamente de tal risco, apresentando estudos sérios acerca do assunto. Detalhe: toda essa discussão gira em torno de um aquecimento na Terra de 2°C, apenas.

Todavia, se a temperatura terrestre sofrer o aumento de 4°C, o problema se torna muito mais sério para nós, reles mortais. De acordo com um relatório feito em 2013 pelo Banco Mundial, o aumento de 4°C elevaria bastante o nível do mar, em que as zonas costeiras ficariam totalmente submersas, dizimando a humanidade em poucos passos.

2. Inverno nuclear

A probabilidade de bombas nucleares detonarem o nosso planeta é bem rara — praticamente sem chance alguma. Para você ter ideia, mesmo que mais de 2 bilhões de pessoas fossem exterminadas com algo do tipo — Hiroshima, Nagasaki etc. —, a humanidade iria sobreviver a longo prazo.

Porém, se as explosões de bombas gigantescas se tornassem moda no Planeta Azul, isso iria acarretar em um inverno nuclear, fazendo com que a temperatura terrestre caísse de forma absurda rapidamente, corrompendo todo o sistema de produção de alimentos, entre outros problemas sérios. Resultado: a humanidade iria deixar de existir em poucos anos.

3. Sol

Pois é, o Sol pode ser o nosso melhor amigo ou o pior inimigo que alguém poderia ter no universo. Por que? A resposta é simples: uma erupção solar intensa o suficiente para destruir a camada de ozônio poderia destruir a vida aqui no planeta, assim como acabaria com todos os fenômenos terrestres existentes.

Além disso, se você ainda não sabe, quando o Sol morrer, o planeta será destruído. As águas dos oceanos vão ferver, aniquilando qualquer tipo de vida existente. Por fim, a radiação vai expandir e o cenário terrestre será alterado radicalmente.

4. Asteroides gigantes

Definitivamente, o impacto de um asteroide contra a Terra pode ser algo fatal para a vida humana. De acordo com tudo aquilo que os especialistas conhecem acerca do assunto, um pequeno pode causar tsunamis e outros eventos geológicos que danificariam radicalmente a vida humana; um médio geraria um inverno nuclear e um grande transformaria a crosta magma.

5. Vulcão monstruoso

Assim como os asteroides gigantes, vulcões poderosos já exterminaram muita coisa na Terra ao longo de sua história. De acordo com pesquisadores de plantão, o período Permiano-Triássico teria sido liquidado por algo do tipo.

Embora eles sejam raros nos dias atuais, ainda não é possível antever atividades como essa. Por isso, é bom você torcer para que isso não aconteça.

6. Supernovas

Caso você não saiba, uma supernova é a morte de uma estrela, e sua explosão pode afetar diversos locais em nosso sistema solar. Não há muitas supernovas nas proximidades terrestres, mas recentemente foi detectado uma Gigante Vermelha a 600 anos luz que, ao explodir, teria a capacidade de destruir completamente a camada de ozônio e transformar o planeta em um pedaço de rocha radioativa.

7. Inteligência artificial

Deixando todas as leis robóticas e o universo do ilustre Isaac Asimov em segundo plano, alguns especialistas suspeitam de que, no futuro, o avanço tecnológico possa empacar a vida dos humanos no Planeta Azul.

Por que? De acordo com os caras, se os programas de computadores começarem a ensinar a eles mesmos, esse conhecimento poderia ser facilmente utilizado para melhorarem a si mesmos, causando uma espiral de cada vez maior superinteligência, dominando aqueles que não a terem.

8. Colisão com Andrômeda

Já pensou em uma mega colisão entre galáxias? Pois é, isso vai acontecer. De acordo com astrônomos renomados, a Via Láctea e Andrômeda devem colidir, exterminando tudo o que existe vivo por aqui. Mas, calma! Esse evento só vai acontecer daqui uns 3 ou 5 bilhões de anos.

9. Buracos Negros

Os chamados Buracos Negros Supermassivos (Supermassive Black Hole, como na música da banda Muse) têm a capacidade de “engolir” todo o nosso Sistema Solar, e eles estão se movendo para mais perto de nossa galáxia — cuidado!

10. Invasão alienígena

Se você já assistiu a filmes famosos que abordam o assunto relacionado a seres que querem invadir e dominar o Planeta Azul — Independence Day, Guerra dos Mundos, MIB, O Quinto Elemento etc. —, com certeza isso é uma das primeiras coisas que passam pela sua cabeça ao pensar em OVNIs e ETs, não é verdade?

Pois é, deixando o lado da ficção de lado, de acordo com o polêmico físico John Brandenburg, o fim da Terra virá por mãos de extraterrestres — como assim? Em um encontro recente da Sociedade Americana de Física, que aconteceu em Illinois, nos Estados Unidos, o cara pronunciou que o destino da vida humana no planeta será tão cruel e implacável quanto a dos habitantes de Marte, que simplesmente foram aniquiliados por alienígenas furiosos, à frente de um ataque nuclear — é o que ele diz.

Detalhe: o motivo de toda essa revolta alien seria o barulho — sim, é isso mesmo. De acordo com Brandenburg, os alienígenas são hostis e sem paciência com “civilizações jovens e barulhentas”, como a nossa.

***

E você, leitor, o que achou das teorias sobre o fim da vida humana? Conhece outras formas de extinção da Terra? Não deixe de compartilhar sua informação com a gente nos comentários abaixo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.