4 eventos astronômicos que você não pode perder em agosto
483
Compartilhamentos

4 eventos astronômicos que você não pode perder em agosto

Último Vídeo

O céu noturno está em festa neste mês de agosto. Quatro eventos marcam esse período e será possível até mesmo visualizarmos alguns deles a olho nu. Você pode até preparar uma lista de pedidos, já que a chuva de “estrelas cadentes” será intensa neste mês.

Por isso, pegue seu telescópio e vem observar o espaço com a gente:

1. Chuva de meteoros Perseidas

Desde o dia 23 de julho, os amantes da astronomia já estão ligados em feixes de luz cruzando nosso céu noturno: são meteoros da constelação de Perseu, que atingirão seu pico nesta quarta (12) e quinta-feira (13). Alguns, entretanto, defendem que o ponto máximo será entre quinta e sexta-feira (14). Então, fique de olho e já vá reservando aquele pedido para quando avistar uma “estrela cadente”.

A chuva de meteoros Perseidas é mais do que especial, já que ela será a mais intensa deste ano. Além disso, a lua crescente contribuirá para que o fenômeno seja visível a olho nu. Porém, em grandes centros urbanos isso fica comprometido por conta da poluição e da luminosidade.

Chuva de meteoros Perseidas vista em 2013

2. Primeira superlua do ano

Já em 29 de agosto, teremos a primeira das três superluas de 2015. Esse fenômeno acontece quando o satélite natural da Terra está em seu ponto da órbita no qual fica mais próximo de nosso planeta. Por estar na fase cheia, dá-se a impressão de que a Lua está maior e mais brilhante. A beleza é indiscutível. As próximas Superluas serão nos dois meses seguintes.

Superlua fotografada em Dublin, na Irlanda, no ano passado

3. Cometa Tchouri se aproxima do Sol

A sonda espacial Rosetta está no cometa Tchouri desde novembro do ano passado, quando a Agência Espacial Europeia (ESA) conseguiu a proeza de pousar um robô em um astro desse tipo pela primeira vez na História. E agora, nesta quinta-feira (13), o Tchouri passará com a sua órbita pelo ponto mais próximo do Sol. A expectativa dos astrônomos é conseguir coletar partículas orgânicas que estariam congeladas no cometa.

Os cometas possuem um núcleo de gelo, matéria orgânica e rocha. Ao passar perto do Sol, espera-se que uma tempestade de gás e poeira seja expelida do núcleo e recolhida pela Rosetta, podendo identificar a origem da vida na Terra e do próprio Universo!

Cometa Tchouri fotografo pela sonda Rosetta

4. Chuva de meteoros Eta Aquaríadeas

Se você perder os meteoros da Perseidas, não se preocupe: você ainda terá outra oportunidade de conferir uma chuva de meteoros ainda em agosto. Os detritos deixados pelo cometa Halley também produzem esse fenômeno todo ano neste mesmo mês. Os astrônomos acreditam que o melhor dia de visualizar a Eta Aquaríadeas será na quarta-feira (19). Espera-se que até 10 meteoros por hora possam ser vistos nesse dia – apesar de alguns pessimistas falarem em apenas três por hora.

Chuva de meteoro Eta Aquaríadeas em 2013

Você vai perder os eventos astronômicos deste mês? Lógico que não! Confira quais são e comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.