(Fonte da imagem: Thinkstock)

Quem é que nunca enfrentou uma semana difícil, esperando por aquele merecido happy hour com os amigos na sexta? Apesar de não fazer bem para você e inclusive ser perigoso consumir bebidas alcoólicas de maneira irresponsável e em excesso, esse mal de vez em quando é inevitável. Então, por que não escolher as suas bebidinhas pelo seu valor nutricional?

Foi pensando nisso que o pessoal do site Gizmodo decidiu conversar com Maren Robinson, uma nutricionista mestre em saúde pública que deu algumas dicas indicando quais bebidas escolher para tirar o maior proveito de alguns ingredientes e não abusar das calorias. Confira algumas delas:

Vinho tinto

(Fonte da imagem: Thinkstock)

Essa é uma bebida conhecida por fazer bem para a saúde, sendo, inclusive, indicada por alguns médicos. Além de rico em ferro, potássio e magnésio, o vinho tinto também contém antioxidantes que podem ajudar a regular os níveis de colesterol e reduzir a formação de trombos nos vasos sanguíneos. Uma taça conta, em média, com 120 calorias.

Guinness

(Fonte da imagem: Reprodução/Guinness)

Feita com grãos integrais, essa cerveja cheia de nutrientes também conta com propriedades antioxidantes semelhantes às do vinho tinto. Um estudo realizado pela Universidade de Wisconsin inclusive sugere que consumir essa bebida pode ajudar a reduzir problemas cardíacos e a formação de trombos nos vasos sanguíneos. Um copo conta com 128 calorias.

Vodka e água com gás

(Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Embora não seja a bebida mais interessante ou saborosa do mundo, ela é uma das que contém a menor quantidade de calorias, sendo indicada para quem está controlando a balança. Uma quantidade de 40 miligramas do produto conta com apenas 96 calorias e nenhum valor nutricional.

Whisky ou gin

(Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Apesar de não possuir um valor nutricional significativo, para muitos essas duas opções são muito mais saborosas do que uma simples vodka com água. Além disso, essas bebidas não contam com muitas calorias a mais, somando entre 97 e 110 delas por 40 miligramas, aproximadamente. Assim, se a intenção é controlar as calorias, nada de inventar batidinhas!

Bloody Mary

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia)

De acordo com Maren Robinson, a nutricionista consultada, essa é a opção alcoólica mais saudável. Para preparar a bebida, você vai precisar de suco de tomate, aipo, raiz forte, tabasco, suco de limão, molho inglês, sal e pimenta — ou seja, um verdadeiro coquetel molotov de nutrientes, vitaminas e antioxidantes.

Veja alguns dos benefícios oferecidos pelos ingredientes: proteção contra vários tipos de câncer, ação analgésica, propriedades antibióticas, prevenção contra cálculos renais, melhora na digestão, combate à insônia etc.

Para conferir mais opções de drinks sugeridos pelo pessoal do Gizmodo, acesse este link. Lembrando que tudo o que é consumido em excesso pode fazer mal à saúde. Além disso, se você for beber, faça isso com muita responsabilidade, levando em consideração todos os riscos envolvidos, e não exagere!

Fonte: Gizmodo