Arte microbiana: concurso revela belas imagens capturadas pelo microscópio
17
Compartilhamentos

Arte microbiana: concurso revela belas imagens capturadas pelo microscópio

Último Vídeo

Se você tivesse que imaginar microrganismos e estruturas celulares capazes de causar doenças potencialmente mortais, provavelmente pensaria em figuras horripilantes e bem pouco estéticas, não é mesmo? No entanto, conforme ficou claro durante uma competição organizada pela GE, a beleza pode ser descoberta nos mais inusitados ambientes, inclusive nos microscópicos.

As imagens a seguir foram capturadas através de um equipamento chamado OMX Blaze, que permite que os cientistas possam observar doenças e microestruturas em nível molecular e celular com grande riqueza de detalhes. Assim, enquanto acompanhavam a resposta de células cancerígenas durante a quimioterapia, como o vírus HVI se movia de uma célula a outra e até mesmo como ocorria a divisão celular em bactérias, veja o que os cientistas flagraram:

Explosão espelhada

Fonte da imagem: Reprodução/GE Healthcare Cell Imaging Competition – 2012

A imagem acima não retrata uma explosão, mas sim uma célula epitelial em metáfase — uma das etapas da divisão celular —, com o DNA destacado em azul e os microtúbulos em vermelho.

Lago luminescente

Fonte da imagem: Reprodução/GE Healthcare Cell Imaging Competition – 2012

A fotografia que você acabou de ver mostra uma única célula de um câncer de colo de útero. Os pontinhos vermelhos representam uma proteína conhecida como PCNT, localizada em uma região muito próxima ao núcleo da célula, na qual se organizam os microtúbulos, visíveis em verde, e o DNA, visível em azul.

Fogos de artifício

Fonte da imagem: Reprodução/GE Healthcare Cell Imaging Competition – 2012

Embora a figura da imagem mais se pareça a fogos de artifício, ela mostra uma estrutura celular temporária chamada fuso mitótico — ou meiótico, dependendo de quando ocorre, na meiose ou mitose —, composta por microtúbulos e que pode ser observada durante o processo de divisão celular.

Faixa vermelha

Fonte da imagem: Reprodução/GE Healthcare Cell Imaging Competition – 2012

A bela faixa vermelha mostra um conjunto de células sensoriais presentes no interior dos ouvidos e que são responsáveis por detectar o som.

Cultura psicodélica

Fonte da imagem: Reprodução/GE Healthcare Cell Imaging Competition – 2012

Quem poderia imaginar que uma cultura de células de câncer de ovário poderia ser tão colorida?

Van Gogh

Fonte da imagem: Reprodução/GE Healthcare Cell Imaging Competition – 2012

Os padrões acima até podem lembrar uma das obras do celebrado pintor holandês, mas, na verdade, o que vemos são células epiteliais do intestino.

Chamas

Fonte da imagem: Reprodução/GE Healthcare Cell Imaging Competition – 2012

Apesar de parecer a chama de algum objeto inflamável, a incrível imagem acima mostra os gânglios das raízes dorsais de um ratinho de laboratório, ou seja, um aglomerado de células nos quais se alojam os corpos dos neurônios do sistema nervoso periférico que recebem os estímulos. Os pontos azuis representam o DNA.

A competição avaliou imagens inscritas em duas categorias diferentes — com 16 e 15 figuras, respectivamente — e você pode conferir todas elas a partir deste link.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.