Você sabe como sobreviver à areia movediça?
760
Compartilhamentos

Você sabe como sobreviver à areia movediça?

Último Vídeo

Talvez um dos seus grandes pesadelos de infância tenha sido morrer afundado em areia movediça; afinal, os desenhos animados não economizam quando o assunto é esse tipo de cenário. Antes de qualquer coisa, você precisa saber que a areia movediça nada mais é do que areia com água, formando uma espécie de lamaçal. Mas você sabe como sobreviver a um possível afogamento nesse tipo de areia?

Pessoas que morrem em areia movediça geralmente fazem isso por dois motivos: entram em pânico, em primeiro lugar – o terror da situação vai fazer com que você se debata e afunde mais – e, depois, desistem de se mexer e permanecem imóveis, à espera de ajuda ou de um milagre.

Esperar ajuda até que não é tão ruim, especialmente se você sabe que existem mais pessoas por perto. O problema é que, uma vez atolado em areia movediça, seu corpo vai tender à hipotermia, ou seja, vai ficando mais frio com o passar do tempo. Você vai precisar sair logo dali e, eventualmente, mexer-se para garantir uma boa temperatura corporal.

5 estágios da morte da girafa

Se, por outro lado, houver alguma boa alma por perto que possa puxar seu corpo para fora da areia, tudo o que você precisa fazer é se inclinar para trás, colocando a parte superior do seu corpo sobre a areia para aumentar a superfície de contato, por mais assustador que isso pareça. Antes que você entre em pânico, perceba que seu corpo vai boiar, como acontece quando você está na água, só que com ainda mais facilidade, já que a areia movediça é mais densa do que o líquido. Continue respirando e boa sorte.

O próximo passo, depois de já ter se inclinado para trás, é tentar trazer suas pernas para cima, em movimentos lentos. Depois, é preciso que você use suas mãos para “nadar” até a superfície. De novo: sempre como se estivesse em câmera lenta.

Dependendo de onde estiver, você pode levar horas para conseguir se salvar nesse processo de nado lento; então, se você achar que precisa fazer algumas pausas, não hesite. Chegando à terra firme, continue em ritmo lento e vá, aos poucos, saindo do emaranhado sugador no qual você se meteu, e pronto: sua vida foi salva.

*Publicado em 23/04/2013

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.