Conheça 5 esportes malucos praticados com abóboras
26
Compartilhamentos

Conheça 5 esportes malucos praticados com abóboras

Último Vídeo

O Dia das Bruxas é comemorado em 31 de outubro, e um dos símbolos da data, principalmente nos EUA, é a abóbora, mas, se você acha que abóboras são lembradas somente quando fazem parte de uma receita culinária ou da decoração de alguma festa de halloween, saiba que você está totalmente equivocado. Abóboras são itens fundamentais para quem pratica certos tipos de esportes. Duvida? Confira os exemplos a seguir e depois nos conte o que você pensa a respeito dessas modalidades esportivas:

1 – Remo

Fonte da imagem: Reprodução/MentalFloss

Esqueça aquela história de barco, bote, caiaque. O bom mesmo é praticar o remo em uma abóbora gigante. Quem nunca? Se você acha que a ideia é bizarra demais para ser verdade, saiba que muitos lugares promovem campeonatos desse esporte inusitado, sendo que o maior deles ocorre na cidade de Damariscotta, no estado de Maine, nos EUA. Dê uma olhadinha no vídeo abaixo e veja que divertido:

2 – Arremesso

Fonte da imagem: Reprodução/MentalFloss

Esta modalidade é tão conhecida que existe até um Campeonato Mundial de Arremesso de Abóbora. Pois é. A competição ocorre sempre na primeira semana de novembro em Seaford, no estado norte-americano de Delaware. A coisa ficou tão séria que agora já existem modalidades diferentes de arremesso, sendo que é possível jogar as abóboras com as mãos ou com auxílio de maquinários.

3 – Escultura embaixo d’água

Fonte da imagem: Reprodução/MentalFloss

Abóboras facilmente viram rostos macabros, e o serviço de esculpir o fruto parece não ser dos mais complicados, a não ser que você esteja em baixo d´água, praticando o esporte maluco que une as duas coisas: fazer rostos em abóboras e mergulhar.

4 – “Queda-livre”

Fonte da imagem: Reprodução/MentalFloss

O esporte consiste em deixar abóboras caírem de certa altura. A Universidade de San Diego, nos EUA, promove, todos os anos, em outubro, um “derrubamento de abóbora”, que tem como objetivo medir o tamanho da bagunça que a queda irá causar – em 1995, a sujeira se espalhou por uma área de mais de 30 metros.

5 – Bomba aérea

Fonte da imagem: Reprodução/Mackspw

O Serviço Aéreo St. Charles, no Missouri, promove anualmente uma modalidade esportiva também de queda-livre, só que, nesse caso, com abóboras jogadas de aviões! O objetivo da brincadeira é acertar o alvo que está no chão.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.