Confira uma compilação com as melhores dedadas do cinema [vídeo]
05
Compartilhamentos

Confira uma compilação com as melhores dedadas do cinema [vídeo]

Último Vídeo

Você é daquelas pessoas que gostam de mostrar o dedo do meio para mandar seu desafeto praquele lugar? E você sabe que fazendo isso pode estar demonstrando um sinal da evolução das espécies? O gesto não tem uma origem muito exata, mas historiadores acreditam que é uma das características que herdamos dos primatas.

Os estudiosos acreditam que os nossos ancestrais machos mostravam o pênis ereto como uma forma intimidar os seus inimigos. Com o passar dos tempos, associou-se o maior dedo da mão ao órgão reprodutor (será que é daí que vem a obsessão do homem com o tamanho do dito cujo?). O primeiro relato escrito de uma referência maldosa do dedo do meio data de 419 a.C., na peça “As Nuvens”, do filósofo grego Aristófanes. Da Grécia, o gesto chegou a Roma, e de lá dominou o mundo.

Com um significado praticamente universal, mandar aquela dedada pode ser muito mais prático do que dizer todos os desaforos que nos dá vontade, não é mesmo? No cinema, é comum vermos personagens bonzinhos e malvados usando o “artifício”. Agora, o canal Supercut, do YouTube, resolveu compilar uma série de filmes que mostram o gesto obsceno.

E tem de tudo no vídeo: terror (“Poltergeist”), comédia (“Todo Poderoso”), drama (“Clube de Compras Dallas”), ficção (“Matrix”), romance (“Antes do Pôr-do-Sol”), policial (“Os Infiltrados”) e mundo mais. Você consegue identificar os 161 filmes que o canal colocou na montagem? Não vale colar da descrição no YouTube, hein?

Rodada bônus

Também assista a uma compilação de dedadas que o ator Martin Freeman mandou nos bastidores da trilogia “O Hobbit”. O intérprete do simpático Bilbo Bolseiro, protagonista da saga, criou o hábito de mostrar o dedo do meio sempre que era filmado nos intervalos das gravações. Confira:

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.