5 maneiras de se tornar um bom ouvinte
92
Compartilhamentos

5 maneiras de se tornar um bom ouvinte

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Já aconteceu de você estar conversando com uma pessoa, mas pensando em algo completamente aleatório, como o episódio da série que você viu ontem? Nossa mente não tem muita cerimônia quando o assunto é divagar de alguma forma e, com frequência, sem pedir licença, desvia nossa atenção e nos deixa no mais completo “mute mental”.

O problema é que a oura pessoa, coitada, não começou a falar acreditando que não seria ouvida, e se você já esteve na pele dela, se já sentiu quão chato é conversar com alguém que não está escutando o que você fala, talvez entenda que às vezes precisamos segurar as rédeas do pensamento, controlar a nossa mente e ser bons ouvintes. Como? O Psychology Today tem umas dicas bem interessantes, que vamos compartilhar a seguir:

1 – Primeiro é preciso de prática

E a boa notícia é que existe um exercício bem simples e que, se feito com certa frequência, vai ajudar você a se concentrar melhor. Chame alguém da sua confiança e explique a situação – depois, peça a ajuda dessa pessoa para que, juntos, vocês realizem um pequeno método de conversação.

Funciona assim: durante dois minutos só um dos dois vai falar, sobre qualquer assunto, enquanto o outro apenas ouve e responde, no máximo, com expressões faciais ou balançadas de cabeça. Depois, vocês trocam os papeis e fazem a mesma atividade, por mais dois minutos.

É importante que não haja qualquer tipo de distração, então o ideal é que vocês escolham um local neutro e silencioso, de preferência sem mais ninguém por perto. A ideia desse exercício é apenas aprender a ouvir o que a outra pessoa fala, sem ter a urgência de interromper o processo de fala dela ou de dar respostas verbais.

2 – Comece em um ambiente agradável

Não adianta nada você começar a prestar mais atenção no que uma pessoa diz se ela representa algo que você não gosta – se for preconceituosa, arrogante ou prepotente, por exemplo, fica difícil focar no que ela tem a dizer mesmo.

Então, antes de começar uma conversa, veja se você poderá se dedicar a ouvir o interlocutor profundamente; se não vai julgar o que ele dirá; se não vai interpretar o que ele diz com base na sua experiência de vida; e, claro, se você não vai sentir vontade de dar conselhos a ele.

3 – Entenda que é possível prestar atenção e relaxar ao mesmo tempo

Ouvir de verdade o que alguém diz não significa fazer um esforço quase físico para isso. A questão é ficar atento de modo natural, como você fica quando um apresentador de algum programa fala algo de seu interesse. O ideal aqui é se livrar de distrações, especialmente as visuais e sonoras.

4 – Aprenda a ouvir também o silêncio

Às vezes uma mensagem é passada sem que a pessoa diga uma palavra sequer, e você só entende isso se estiver realmente focado nela. Longas pausas, que geralmente são interpretadas por nós como momentos de silêncio constrangedor, podem ser um complemento daquilo que a pessoa acabou de dizer, e você precisa aprender que esses momentos têm, sim, grande significado em um diálogo.

5 – Faça perguntas que não possam ser respondidas com “sim” ou “não”

Depois de aprender a manter seu foco no que a pessoa está falando, o próximo passo é fazer perguntas que demonstrem isso, que validem seu interesse e que não sejam rasas a ponto de serem respondidas com “sim” ou “não”. Em vez disso, tente fazer com que o interlocutor dê alguma explicação – um bom jeito de conseguir isso é questionar como foi passar por determinada experiência.

Quando você faz esse tipo de pergunta e demonstra interesse, a pessoa vai ter certeza de que você estava ouvindo o que ela dizia e de que a sua mente não estava vagando por algum lugar qualquer. Se passar a ideia de ser um bom ouvinte é um objetivo para você, não custa tentar colocar essas dicas em prática.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.