Os sites de encontros virtuais acabam de ganhar o posto de segundo lugar entre as maneiras mais comuns de iniciar um relacionamento. A ferramenta tecnológica perde somente para a boa e velha apresentação entre amigos, que ainda ocupa o topo do ranking.
Esse fato foi revelado a partir de uma pesquisa realizada na Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, e divulgada pelo jornal britânico The Daily Mail em fevereiro deste ano. Os pesquisadores envolvidos no projeto indicam que os relacionamentos virtuais são vitais em uma sociedade em que os métodos tradicionais de formação de casais têm se mostrado muito ineficientes.
Fonte: Thinkstock
Os psicólogos ainda acreditam que os relacionamentos através da internet podem funcionar muito bem se os envolvidos forem realistas e sinceros enquanto se conhecem. Harry Reis, professor de psicologia e um dos autores do relatório da pesquisa, indica que a internet é uma ótima maneira para que os adultos encontrem parceiros para ter uma relação saudável e romântica – características que fazem com que o relacionamento seja emocionalmente bom para os dois envolvidos.
No entanto, um alerta deve ser feito aos usuários de sites de relacionamento: embora os portais afirmem que podem encontrar o seu par perfeito através de testes científicos, Reis aponta que não existe nenhum estudo que possa comprovar a eficácia do cruzamento de dados feito por esses sites. O pesquisador ainda aponta que o costume de acessar o perfil de muitos candidatos faz com que as pessoas se tornem ainda mais exigentes.
O estudo, solicitado pela Association for Psychological Science, indica que o estigma social que os relacionamentos virtuais carregavam anteriormente está desaparecendo na sociedade atual. Prova disso são os mais de 25 milhões de usuários que visitaram sites de relacionamento em um único mês, de acordo com uma estimativa do ano passado.

 

(Fonte da imagem: Thinkstock)

Os sites de encontros virtuais acabam de ganhar o posto de segundo lugar entre as maneiras mais comuns de iniciar um relacionamento. A ferramenta tecnológica perde somente para a boa e velha apresentação entre amigos, que ainda ocupa o topo do ranking.

Esse fato foi revelado a partir de uma pesquisa realizada na Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, e divulgada pelo jornal britânico The Daily Mail em fevereiro deste ano. Os pesquisadores envolvidos no projeto indicam que os relacionamentos virtuais são vitais em uma sociedade em que os métodos tradicionais de formação de casais têm se mostrado muito ineficientes.

Os psicólogos ainda acreditam que os relacionamentos através da internet podem funcionar muito bem se os envolvidos forem realistas e sinceros enquanto se conhecem. Harry Reis, professor de psicologia e um dos autores do relatório da pesquisa, indica que a internet é uma ótima maneira para que os adultos encontrem parceiros para ter uma relação saudável e romântica – características que fazem com que o relacionamento seja emocionalmente bom para os dois envolvidos.

No entanto, um alerta deve ser feito aos usuários de sites de relacionamento: embora os portais afirmem que podem encontrar o seu par perfeito através de testes científicos, Reis aponta que não existe nenhum estudo que possa comprovar a eficácia do cruzamento de dados feito por esses sites. O pesquisador ainda aponta que o costume de acessar o perfil de muitos candidatos faz com que as pessoas se tornem ainda mais exigentes.

O estudo, solicitado pela Association for Psychological Science, indica que o estigma social que os relacionamentos virtuais carregavam anteriormente está desaparecendo na sociedade atual. Prova disso são os mais de 25 milhões de usuários que visitaram sites de relacionamento em um único mês, de acordo com uma estimativa do ano passado.

Via Toda Ela