(Fonte da imagem: Thinkstock)

Você já deve ter ouvido milhares de vezes o velho ditado “o dinheiro não traz felicidade”, não é mesmo? Pois de acordo com uma notícia publicada pelo Los Angeles Times, um estudo realizado por pesquisadores britânicos sugere que pessoas mais felizes e positivas tendem a atrair mais dinheiro do que as demais.

Segundo a publicação, os pesquisadores descobriram que indivíduos que expressam sentimentos mais positivos enquanto são adolescentes e que demonstram uma maior satisfação com suas vidas quando são jovens adultos tendem a ter salários mais altos que os mais negativos quando chegam à idade de 29 anos. Em média, US$ 8 mil (aproximadamente R$ 16 mil) mais altos!

Felicidade e riqueza

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores examinaram uma série de fatores conhecidos por influenciar o sucesso financeiro — como QI, nível de educação, autoestima e altura — de 10 mil norte-americanos com idades de 16, 18 e 22 anos, assim como suas rendas quando chegavam à idade de 29 anos.

Os resultados apontaram que, independente de serem inseguros ou confiantes, inteligentes ou distraídos, altos ou baixos e até mesmo de pertencerem à mesma família, aqueles que eram mais felizes contavam com salários — pelo menos — 10% mais altos do que a média, enquanto os mais infelizes recebiam salários até 30% mais baixos.

Assim, o estudo parece sugerir que adolescentes mais felizes são também mais propensos a trilhar carreiras de sucesso, receber propostas de emprego interessantes e serem promovidos mais facilmente, provavelmente por serem mais otimistas, extrovertidos e menos neuróticos. Que tal tentar mudar de atitude?