Mulheres no período fértil tendem a vestir vermelho
121
Compartilhamentos

Mulheres no período fértil tendem a vestir vermelho

Último Vídeo

Não dá para negar que temos uma relação com as cores. Elas são capazes de transmitir sentimentos, provocar emoções e, principalmente, alterar nossa percepção sobre os objetos. Nesse sentido, existe uma série de estudos que tentam estabelecer nossa relação com as cores.

E o vermelho é uma dessas tonalidades que nos permitem fazer associações diretas: amor, paixão, sedução e ousadia são algumas das palavras que podem ser assimiladas à cor escarlate. Por sua importância, o vermelho sempre gerou curiosidade e deu origem a estudos interessantes.

Algumas pesquisas apontam que as mulheres são vistas como mais jovens quando usam batom vermelho e que os homens consideram mais atraentes as mulheres que vestem vermelho, porém um novo estudo se concentrou na relação que as mulheres tem com essa cor.

Uma cor, um período

Em um contexto em que as pesquisas buscam entender como a sociedade vê uma mulher que usa vermelho, seja na roupa ou na maquiagem, pesquisadores da Universidade de British Columbia, no Canadá, buscaram entender o que faz com que as mulheres escolham essa nuance.

Para isso, os pesquisadores Alec Beall e Jessica Tracy reuniram 100 mulheres americanas e 24 canadenses através da internet. Cada uma delas informou a data de sua última menstruação e a cor de blusa que estava usando. Curiosamente, nos dois grupos, uma grande parte das mulheres que revelou estar usando rosa ou vermelho estava ovulando.

Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock

“Mulheres com uma grande chance de engravidar eram consideravelmente mais propensas a vestir peças cor-de-rosa ou vermelhas em comparação com mulheres com pequenas chances de concepção.” A proporção era de 40% para 7% de acordo com o relatório elaborado pelos pesquisadores.

“Descobrimos que 76% das mulheres do Grupo A e 80% das mulheres do Grupo B que estavam vestindo rosa ou vermelho estavam no ápice de sua fertilidade, o que sugere que roupas cor-de-rosa ou vermelhas sejam um grande indicador da ovulação.”

Conclusões

Alguns cientistas poderão alegar que as conclusões apresentadas por Beall e Tracy podem ser contestadas, já que os pesquisadores se basearam apenas nas informações fornecidas pelas voluntárias da pesquisa. Um método cientificamente mais acurado teria contado com exames hormonais, já que fatores sociais e o uso de métodos contraceptivos podem alterar os resultados.

“Apesar desses problemas, que mostram direcionamentos importantes para o futuro da pesquisa, os resultados apresentados são os primeiros a indicar que a ovulação feminina – há tempos considerada um aspecto secundário – está realmente associada a comportamentos distintos, objetivos e observáveis”, concluem os pesquisadores.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.