Aprenda como agir quando seu chefe roubar uma ideia sua
157
Compartilhamentos

Aprenda como agir quando seu chefe roubar uma ideia sua

Último Vídeo

Você já deve ter passado pela situação de ter um amigo roubando uma ideia sua — e ficar com os louros graças à sua perspicácia. Nesses casos, você dá um puxão de orelha no espertinho e resolve o problema. Mas e quando a pessoa que resolveu se dar bem à custa da sua criatividade é seu superior no trabalho, como é que você soluciona esse impasse? Afinal, você é quem deveria estar levando o crédito, e não o seu chefe!

Quem dá algumas dicas sobre como agir nesses casos é o psicólogo Art Markman — em uma matéria do portal Fast Company —, e ele explica que a primeira coisa a fazer é identificar o motivo de o seu superior estar se “apoderando” das suas ideias. Uma das possibilidades é que ele não tenha muita experiência no papel de líder e sinta que precisa competir com todo mundo para garantir sua posição. A outra é que ele não passa de um malandro.

Chefe de primeira viagem

É possível que o seu superior tenha conseguido chegar aonde chegou tirando vantagem de todas as oportunidades que apareceram pelo caminho, aproveitando para se destacar mais do que os outros colegas. E pessoas assim, quando assumem um posto de comando, têm dificuldades para sair do “papel” de competidor.

O problema é que o sucesso dos chefes geralmente está atrelado às conquistas do grupo — e não às metas pessoais — e, às vezes, as pessoas que foram promovidas precisam de um tempinho para assimilar a transição de cargo. Pois, se você acha que o seu superior se encaixa nessa descrição, Markman sugere que você comece a documentar as reuniões nas quais você apresenta as suas ideias, bem como as ocasiões em que ele ficou com os louros.

Depois disso você pode marcar uma reunião para ter uma conversa franca e amigável com o seu superior sobre o assunto, explicando como essa situação incomoda você. Se o seu chefe ainda estiver se acostumando com o cargo, é possível que o seu toque sirva para que ele perceba o que está fazendo, e pode até ser que ele agradeça você por isso.

Chefe malandro

De acordo com Markman, infelizmente várias pessoas que assumem posições de poder são narcisistas — e elas dependem do enaltecimento e aprovação dos outros para se sentirem bem e para manter a autoestima em alta. Além disso, esses indivíduos mais “egocêntricos” fazem questão de expor suas conquistas para todo mundo e, se eles também forem bons em seus trabalhos, costumam mesmo ser promovidos rapidamente.

Acontece que, mesmo depois de os narcisistas conquistarem postos de liderança, eles continuam “sugando” a energia dos colegas. Como se fosse pouco, esse pessoal geralmente não sente o menor pudor em roubar as ideias dos subordinados e levar todo o crédito — aproveitando para jogar a culpa de qualquer adversidade no time. Basicamente, esses líderes malandros sabotam as conquistas da equipe para ressaltar seu próprio sucesso.

Se o seu chefe se encaixar melhor nesta descrição, você precisa agir com muito, muito cuidado. Markman sugere que você documente tudo relacionado com as suas ideias, conforme explicamos no caso do chefe de primeira viagem. Caso seu superior seja meio vingativo ou agressivo em suas ações, aproveite para documentar isso também.

Contudo, em vez de chamar o seu chefe para conversar, reúna todas as provas e apresente o seu caso para alguém que possa mediar a situação. A escolha aqui depende um pouco da estrutura da empresa para a qual você trabalha, mas você pode conversar com a Ouvidoria. Ademais, caso você tenha um bom relacionamento com a pessoa que está acima do seu chefe malandro, outra possibilidade seria você abordar esse camarada.

Uma boa desculpa para começar a conversa seria dizer que você gostaria pedir de conselhos sobre como lidar com um problema e aproveitar a oportunidade para discutir a questão. Por último, você ainda pode levar a situação para departamento de RH. Só não se esqueça de documentar tudo e reunir as evidências necessárias para apoiar a sua reclamação.

***

E você, caro leitor, já passou por esse tipo de situação? Como você lidou com o problema? Você fez algo parecido com o que Art Markman sugere ou fez algo completamente diferente? Por acaso você tem alguma recomendação para quem tem que lidar com um superior que adora roubar ideias? Não deixe de compartilhar conosco nos comentários.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.