Casamento vintage: dicas para uma festa cheia de estilo

Casamento vintage: dicas para uma festa cheia de estilo

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Crédito: Shutterstock

O desejo de realizar um casamento vintage vem se popularizando entre as noivinhas de plantão. Impulsionados principalmente pelas celebrações que acontecem fora do país, os eventos estão cada vez mais entrando na onda dos elementos antiquados.

Desde a decoração até a roupa dos noivos, é possível escolher detalhes que deixem a festa com a cara do casal sem perder o estilo retrô. O mais legal da tendência é o clima de delicadeza e romantismo que pode ser criado através da decoração. Para as noivas que gostam de pôr a mão na massa, também é possível incorporar detalhes no estilo “faça você mesmo”.

Para saber quais são os locais mais adequados, as cores mais usadas e os elementos que podem ser utilizados em um casamento vintage, o TodaEla conversou com a Tatiane A. Amaro, responsável pelo Atelier16, em Curitiba. A cerimonialista deu dicas de como trazer o estilo para as comemorações do casamento com muita criatividade e bom gosto. Confira a matéria e inspire-se.

A origem da tendência

A especialista começa explicando como surgiu a nova onda dos casamentos vintage. De acordo com Tatiana A. Amaro, a tendência está em alta tanto na moda quanto na decoração e, em geral, consiste em fazer referência a objetos antigos. Por esse motivo, o uso de elementos, cores, texturas, modelagens e estilos preza por opções que marcaram outras décadas, que costumam abranger dos anos 1920 a 1960.

Entre os eventos, Tatiane explica que a tendência tem sido bastante procurada pelas noivas, principalmente pela força que o vintage ganhou em casamentos e outros tipos de festas nos Estados Unidos. Através de blogs e sites, como o Pinterest, por exemplo, é possível conferir esses eventos e explorar vastamente o estilo.

Crédito: Reprodução - Acervo Atelier16

Os principais elementos

Se você pretende entrar nessa tendência, fique de olho nas características mais marcantes que podem servir de inspiração na hora de criar o conceito do seu evento.

Para Tatiane A. Amaro, um dos pontos centrais de uma decoração vintage é o excesso e a repetição de elementos pequenos. O que significa dizer que a tendência não se baseia em elementos grandes e chamativos, mas sim em pequenos detalhes que aparecem em lugares diferentes da festa e, assim, formam composições.

Outra característica fundamental é incorporar objetos antigos e inusitados. Tatiane sugere que as noivas abusem de relógios, máquinas de escrever, jogos de porcelana, livros, discos de vinil, garrafas, malas e outros itens de decoração que tenham relação com décadas anteriores e possam ser encontrados em brechós e lojas de antiguidades.

O local ideal para um casamento vintage

Além de pensar se o local da festa está dentro do orçamento do casamento e tem capacidade para acomodar confortavelmente o número de convidados da lista, é preciso escolher um espaço que contribua para o estilo da festa.

Segundo a cerimonialista, escolher um salão que combine com o estilo da celebração é um dos passos mais importantes para criar o clima vintage do seu casamento. Tatiane ressalta que a característica de explorar composições com pequenos elementos deve ser valorizada no espaço da festa.

Sendo assim, salões muito grandes, modernos ou luxuosos não combinam com o estilo. Para a especialista, o ideal são espaços retrôs e com um aspecto mais caseiro e aconchegante.

A decoração perfeita

Crédito: Shutterstock

Para criar o clima vintage da festa, a decoração é o principal elemento a ser explorado. Na hora de escolher toalhas, louças, flores e os demais objetos que darão cor e vida ao seu casamento, lembre-se de que eles devem remeter a tudo o que é antiquado.

A dica da cerimonialista Tatiane A. Amaro é pensar naqueles itens que lembram a casa da vovó, ou seja, prataria, porcelana, renda, lã, madeira antiga e metal desgastado são materiais que funcionam super bem com o estilo vintage.

Na hora de definir as cores, a especialista nos conta que as tonalidades claras são as mais recomendadas porque realçam os objetos na decoração, além de darem um toque de delicadeza que combina com o estilo. Então, o branco, o offwhite e os tons de cinza, amarelo, lilás e nude rosado estão mais do que liberados.

Crédito: Reprodução - Acervo Atelier16

Para as noivinhas que desejam dar um toque especial ao grande dia, o “faça você mesmo” também pode ser incorporado à festa para criar as composições com pequenos elementos que a cerimonialista explicou anteriormente. Aqui, a dica é soltar a imaginação para criar mimos e detalhes que deixarão sua festa ainda mais especial.

A cerimonialista Tatiane A. Amaro separou algumas sugestões para quem quiser aproveitar as inúmeras possibilidades do “faça você mesmo”:

  • Faça uma busca de todos os objetos antigos que você tem em casa e na casa dos familiares;
  • Monte uma mesa com diversos porta-retratos com fotos antigas da família dos noivos;
  • Utiliza caixas antigas ou gaiolas para que os convidados possam deixar recadinhos para o casal;
  • Aproveite os tecidos com ar vintage e decore garrafas de vidro com rendas e fitas;
  • Monte arranjos de flores dentro de bules e xícaras para decorar as mesas.

O vintage nas roupas

Como o vintage também tem um grande espaço na moda, não é difícil encontrar opções de roupas que se encaixem perfeitamente com o dia do casamento. Na hora de escolher vestidos e ternos, o ideal, mais uma vez, é seguir a inspiração que vem das décadas anteriores.

Crédito: Shutterstock

Para o tão sonhado vestido de noiva, Tatiane A. Amaro sugere um modelo que tenha a barra abaixo da altura dos joelhos. Segundo ela, a voilette – aquele pequeno tule que é preso no cabelo e cai sobre o rosto – é um dos itens indispensáveis de uma noiva vintage.

Além disso, é possível abusar das rendas e explorar detalhes como broches antigos, pérolas e botões nas costas do vestido. As luvas e a aplicação de flores no vestido e nos enfeites de cabelo também ajudam a criar o clima romântico e delicado do estilo.

Já os noivos têm algumas opções além do tradicional terno. A especialista explica que é possível investir em um colete ou até mesmo um suspensório para os mais ousados. Na hora de escolher os acessórios, as alternativas que mais combinam com o clima vintage são as gravatas finas ou ainda o modelo borboleta. Para reforçar o look, a dica de Tatiane é garimpar um chapéu ou óculos de estilo retrô.

As recordações da festa

Guardar as lembranças de um dia tão especial é obrigatório. Depois de escolher todos os detalhes da decoração e criar um ambiente vintage com tanto cuidado e carinho, é preciso que tudo isso fique eternizado com imagens.

Crédito: Shutterstock

Por esse motivo, quando for conversar com seu fotógrafo sobre os registros da festa, peça para que algumas imagens sejam capturadas ou tratadas com filtros especiais para que tenham um aspecto antigo e envelhecido. Assim, além de comemorar uma festa no melhor estilo vintage, você também terá recordações que recuperam a atmosfera do seu grande dia.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.