Por que a pele fica vermelha quando nos queimamos no sol?
03
Compartilhamentos

Por que a pele fica vermelha quando nos queimamos no sol?

(Fonte da imagem: Shutterstock)

De acordo com o site ScienceDaily, um estudo realizado por cientistas da Universidade da Califórnia concluiu que a vermelhidão que a nossa pele apresenta quando sofremos queimaduras de sol é, na verdade, o resultado de danos sofridos pelo RNA das células da pele.

O processo biológico relacionado às queimaduras causadas pelo sol, apesar de doloroso e feio, nada mais é do que uma resposta imunológica aos altos níveis de radiação ultravioleta. Entretanto, ninguém sabia explicar exatamente como é que esse mecanismo de defesa se desencadeava.

Para entender o processo, os pesquisadores aplicaram radiação a modelos celulares de ratos e humanos, descobrindo que ela causa o rompimento e emaranhamento de filamentos de RNA, iniciando um efeito dominó que leva células adjacentes a apresentar o mesmo comportamento.

Processo inflamatório de limpeza

Como resultado, a área atingida sofre uma reação inflamatória com o objetivo de eliminar as células danificadas, em um processo doloroso bastante conhecido por muitos de nós. De acordo com os cientistas, é possível que esse processo ocorra para eliminar as células com danos genéticos antes que possam se transformar em cânceres, por exemplo.

Entretanto, esse mecanismo não é perfeito, e quanto maior é a exposição aos raios UV, maior é a probabilidade de que as células se tornem cancerígenas. Com a descoberta, os cientistas esperam poder encontrar uma forma de parar o processo inflamatório — e a dor —, o que seria bastante útil no caso de algumas doenças que têm os raios ultravioletas como tratamento.

De qualquer maneira, a falta de dor não significa que o bloqueador solar poderá ser dispensado. Você simplesmente não ficaria mais vermelho e não sentiria a pele arder.

Fontes: Nature e ScienceDaily

*Publicado originalmente em 09/07/2012.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER