Você sabe por que as mulheres não têm pomo-de-adão?
129
Compartilhamentos

Você sabe por que as mulheres não têm pomo-de-adão?

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Nós já contamos para você por que os homens têm pomo-de-adão, aquela proeminência logo abaixo da garganta. Na verdade, essa estrutura é formada pela convergência da cartilagem da tireoide com a laringe, e o nome tem a ver com a metáfora bíblica a respeito de Adão, Eva e do famoso “fruto proibido”. A crença que deu origem ao nome tem relação, então, com um pedacinho desse fruto,  geralmente chamado de maçã, que teria ficado entalado na garganta de Adão.

Mas e as mulheres? Elas também têm cartilagem da tireoide e da laringe, então por que será que nem sempre o pomo-de-adão é visto nelas? E, sim, você leu certo: nem sempre – o que significa que, em alguns casos, essa proeminência é visível nas moças também.

O How Stuff Works explicou essa questão e, de acordo com a publicação, o pomo-de-adão nos meninos cresce e fica visível na puberdade, que é a fase na qual a laringe aumenta de tamanho para ajudar no processo de amadurecimento vocal.

O “antes e depois” de uma cirurgia de remoção de pomo-de-adão feminino

Nas mulheres, a laringe também se expande na puberdade, só que não com tanta ênfase como ocorre com os homens. Nelas, isso se dá durante um processo que faz com que a voz feminina fique mais aguda, ao contrário do que acontece com eles. Por isso elas geralmente não têm a estrutura proeminente, mas, como sabemos, toda regra tem uma exceção.

Na mulher, o pomo-de-adão – ou alguma estrutura que se pareça com ele – pode ser visível por várias razões. Entre as mais comuns para que isso aconteça estão herança genética, irregularidades anatômicas e disfunções hormonais. Em alguns casos, o pomo-de-adão de uma mulher nem é um pomo-de-adão, mas o resultado de algum problema de saúde.

Como a proeminência é vista como uma característica tipicamente masculina, muitas mulheres acabam sendo vítimas de preconceitos e bullying por apresentarem a estrutura ou alguma característica que remeta a ela. Em alguns casos, essas mulheres fazem tratamentos psicológicos e cirúrgicos para resolver a questão.

No caso de uma cirurgia, é possível que a pessoa tenha mudanças em sua voz – além, é claro, de uma cicatriz bastante visível. Em todo caso, a dica é procurar ajuda médica, principalmente porque a proeminência pode ser sinal de algum tipo de doença.

*Publicado em 27/7/2015

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a sermos bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.