Cientistas da NASA (agência espacial dos EUA) já estão começando a desenvolver soluções para manter os astronautas bem alimentados em Marte. No entanto, o único item que já foi completamente excluído do menu é o queijo. Isso mesmo, quem for escolhido para a missão de dois anos e meio no planeta vermelho não vai poder apreciar o laticínio por um bom tempo.

A missão, no entanto, só deve ter início na década de 2030, e ainda não se sabe quanto alimento os foguetes poderão carregar. Mas o que a instituição já tem certeza é que os primeiros humanos em outro planeta terão que cultivar a própria comida ou pelo menos parte dela.

A ideia da agência é levar suprimentos para viabilizar o cultivo de comida em estufas na superfície de Marte. Desse modo, o peso a ser carregado pelo transporte espacial seria drasticamente reduzido.

Pizza marciana

Mesmo sem queijo, os astronautas que visitarão Marte poderão assar a própria pizza naquele planeta. Segundo a chefe da equipe que está fazendo os experimentos com a comida da missão, Maya Cooper, será possível ter uma pizza tailandesa preparada pelos corajosos visitantes. O alimento deverá ser temperado com molho de tomate e vários legumes.

O cultivo e preparação de alimentos durante a missão ao planeta vermelho serão necessários por causa da inviabilidade de mandar comida periodicamente para os astronautas. Esse sistema, entretanto, é aplicado à Estação Espacial Internacional, que recebe comida de tempos em tempos envida da Terra.

A equipe deve permanecer um ano e meio no planeta e vai precisar de mais 12 meses para fazer a viagem de ida e volta.

Fonte: Dvice