Descubra quanto você precisaria desembolsar para estudar em Hogwarts

Em 1997, o mundo foi apresentado ao jovem bruxinho Harry Potter. Após anos morando debaixo da escada na casa dos tios, Harry recebe uma carta que mudaria sua vida: era um convite para ingressar em Hogwarts, a mais famosa escola de bruxos do mundo.

Harry sempre acreditou que fosse um pobretão, até descobrir que seus pais tinham lhe deixado uma fortuna como herança! Foi o suficiente para ele comprar os livros de magia, os ingredientes para as poções, o uniforme da nova escola e, é claro, sua varinha.

Crianças do mundo inteiro ainda sonham em receber suas cartinhas de Hogwarts

Tudo isso não passa de ficção, mas a saga literária escrita por J. K. Rowling ainda mexe com a cabeça de crianças e adolescentes de todo o mundo. A maioria fica na torcida de um dia receber sua cartinha de Hogwarts e descobrir que aquele mundo de fantasia realmente existe.

Mas e se existisse, quanto, afinal, custaria estudar em Hogwarts? Kevin O’Keeffe, do site Mic, calculou a valor necessário para a empreitada.

Galeões ou moedas de verdade?

Nos livros, a moeda dos bruxos é chamada de galeão. Para o cálculo, O’Keeffe usou uma frase da autora que disse que cada galeão equivaleria a cerca de 5 libras. Além disso, ele também fez o cálculo com base nos valores especulados pela revista Time. Alguns itens essenciais para qualquer bruxo teriam, por exemplo, valores de US$ 42 (R$ 134) por uma varinha e US$ 105 (R$ 335) por um caldeirão.

Uma varinha sairia por R$ 134

Também era necessário incluir o valor da matrícula em Hogwarts, que muitas pessoas especulavam ser em torno de US$ 42 mil (R$ 134 mil). Já outros itens para ingressar na escola foram convertidos dos valores em galeão do site Pottermore – uma expansão do universo criada nos livros – para dólares.

O uniforme não tem valor especificado nos livros, mas analisando o figurino o autor do artigo estabeleceu que ele custaria, no mínimo, US$ 576 (R$ 1.838). Já as livros de magia são bem mais baratos, custando apenas US$ 91 (R$ 290). O’Keeffe também estipulou em US$ 140 (R$ 446) o valor de uma coruja.

Valor da matrícula em Hogwarts foi a principal dúvida da análise

Afinal, quanto custa?

Depois de somar outros itens básicos para ingressar em Hogwarts, Kevin O’Keeffe chegou ao exorbitante valor anual de US$ 43.031. Ou seja, mais de R$ 137 mil! Porém, a história não para por aí...

Ao publicar seu artigo, O’Keeffe não esperava que fosse despertar a curiosidade da própria J. K. Rowling, que usou o Twitter para dizer quanto custava estudar em Hogwarts. A taxa de matrícula, que era o principal ponto de desencontro da pesquisa, foi reduzida a ZERO!

Através do Twitter, a autora explicou que a educação de um jovem bruxo é custeada pelo Ministério da Magia. Sendo assim, para estudar em Hogwarts seria necessário apenas US$ 1.031 (R$ 3.290) por ano. Bem mais tranquilo, não é mesmo?

*Publicado em 17/07/2015

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.