Os finalistas do Electrolux Design Lab

Os finalistas do Electrolux Design Lab

Equipe MegaCurioso

Anualmente, a Electrolux promove um concurso que pretende reunir designers talentosos com ideias originais que possam facilitar o dia a dia e alterar a nossa percepção do mundo. Para isso, a empresa desafia jovens profissionais a incorporar experiências sensoriais inéditas aos aparelhos que fazem parte do cotidiano de todos nós.

Dispositivos inovadores e conceitos revolucionários são os elementos básicos para estar na lista dos concorrentes ao prêmio de design. O objetivo da marca é propor que profissionais do mundo inteiro mostrem suas ideias e possam contribuir para um mundo melhor.

O vencedor – que terá se sobressaído entre 1200 participantes desta edição – ganhará 5 mil euros e um estágio de seis meses no centro de desenvolvimento de design da Electrolux com todas as despesas incluídas. O segundo lugar será premiado com 3 mil euros e o terceiro melhor design da competição receberá 2 mil euros.

Em breve, os dez finalistas desta edição sairão de seus países em direção à Milão, na Itália, onde apresentarão suas criações para um júri especializado formado por designers profissionais e inventores experientes, além de participarem da cerimônia de premiação do evento.

Para quem quiser torcer pelo melhor design, a boa notícia desta edição é que temos um brasileiro entre os dez finalistas. Segundo o Yanko Design, a premiação do Electrolux Design Lab será transmitida online no dia 25 de outubro.

Enquanto a data não chega, confira os dez designers selecionados, conheça melhor cada um de seus protótipos e veja os novos rumos que jovens talentosos estão traçando para o futuro de todos nós.

Aeroball

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Jan Ankiersztajn (Polônia)

A Aeroball é uma maneira revolucionária de melhorar os ambientes em que vivemos diariamente. Formado por pequenas bolhas que flutuam e ficam suspensas no espaço, o protótipo limpa e filtra o ar dos ambientes. Se a filtragem não for suficiente, a Aeroball também pode liberar fragrâncias no ar. O design é inspirado na natureza, por isso as esferas absorvem luz durante o dia e irradiam durante a noite, sem deixar de purificar o ar que respiramos. Além de oferecer a possibilidade de um ambiente livre de impurezas, o objetivo do produto é embelezar os espaços com um toque de delicadeza.

Easystir

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Lisa Frodadottir Låstad (Noruega)

O Easystir faz exatamente o que o nome promete – facilita o processo de mexer os alimentos enquanto estão sendo preparados para que você possa ter as mãos livres para realizar outras atividades. Utilizando imãs que reagem ao calor do fogão para funcionar, o aparelho representa uma grande economia de tempo e dinheiro, já que não precisa ser recarregado, não utiliza baterias, tampouco precisa ser ligado na tomada. A velocidade pode ser ajustada pelo usuário de acordo com cada tipo de preparação. Ainda, o Easystir se adapta à maior parte das panelas, pode ser colocado na máquina de lavar e, por ser compacto, pode ser armazenado juntamente com os demais utensílios de cozinha.

ICE

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Julen Pejenaute (Espanha)

O ICE traz uma nova luz para suas experiências gastronômicas. Muito mais do que uma simples luminária para a cozinha, o protótipo propõe uma interação com a refeição através da seleção de luzes de fundo que reagem aos movimentos e criam relações dinâmicas entre os objetos colocados na mesa. Quando posicionado sobre as áreas da pia, mesa ou fogão, o aparelho consegue escanear os objetos e ajuda o usuário a preparar uma excelente refeição – basta que o ICE identifique os ingredientes selecionados para poder sugerir as melhores opções de preparo. O produto também pretende disponibilizar uma vasta seleção de receitas que trarão o passo a passo para facilitar o processo.

Mo'Sphere

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Yunuén Hernández (México)?

Os amantes da cozinha sabem o quanto é interessante se aventurar em novas experiências com os alimentos. Pensando em levar a gastronomia a um novo patamar entre aqueles que têm a culinária como um hobby, nasceu o Mo’Sphere. O aparelho permite que o usuário experimente novos sabores e sensações através da culinária molecular, que até então é dominada apenas por chefs renomados e restaurantes premiados ao redor do mundo. O protótipo funciona através de reações físicas e químicas para resultar em congelamentos instantâneos, cremes, espumas, geleias e até mesmo algodão doce. É uma ótima oportunidade para criar pratos originais e provar sabores desconhecidos.

SmartPlate?

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Julian Caraulani (Estados Unidos/Romênia)?

Você já pensou em relacionar a sua comida com sons? Pois esta é exatamente a proposta do SmartPlate. O protótipo é o primeiro prato capaz de identificar fisicamente os alimentos e transformar essas informações em sons, completando o ciclo de sentidos que utilizamos enquanto comemos. O objeto se conecta através de uma rede wireless com o celular do usuário, então passa a medir os diferentes aspectos da comida, identifica os alimentos e automaticamente assimila notas musicais, harmonias e ritmos para cada ingrediente. O usuário pode ouvir os sons, compor novos toques, interagir com as notas ou compartilhar a experiência sensorial.

Spummy

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Alexandre de Bastiani (Brasil)?

Spummy é o concorrente brasileiro que aparece entre os melhores do Electrolux Design Lab 2012. O aparelho faz uso da nanotecnologia para criar espumas comestíveis com qualquer sabor ou combinação de sabores que você imaginar. A inspiração veio do chef de cozinha Ferran Adrià, considerado o inventor da espuma saborizada, que o ajudou o seu estabelecimento a ganhar o prêmio de restaurante do ano quatro vezes seguidas. As possibilidades com Spummy são infinitas e permitem que você recrie os segredos dos grandes chefs no conforto da sua casa.

Treat?

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Amy Mon-Chu Liu (Austrália)?

Treat propõe uma nova maneira de armazenar alimentos. Combinando as técnicas clássicas – como o fechamento a vácuo – com tecnologia de acesso remoto, o aparelho é a combinação perfeita entre alimentos frescos com a conveniência de ter tudo sempre à mão. De maneira inteligente e intuitiva, o protótipo comunica o usuário sobre o estado dos alimentos antes que eles estraguem. O primeiro passo é a mudança de cor das cápsulas que indica o envelhecimento dos ingredientes. Quando o alimento armazenado tiver expirado, a cápsula cai no chão como sinal do apodrecimento de uma fruta. O aparelho também pode ser acessado através de um aplicativo para celular que permite acionar o Treat para aquecer sua refeição antes que você chegue em casa.

Impress

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Ben de la Roche (Nova Zelândia)

Quantas vezes você já guardou um restinho de alimento na geladeira e só foi se lembrar de consumi-lo muitos dias depois, quando já estava estragado? O objetivo do Impress é mudar o nosso conceito de refrigeração de alimentos. O protótipo consiste em uma parede refrigerada que permite guardar alimentos e bebidas de maneira exposta e sem portas, para que você possa manter a informação visual de tudo o que está armazenado. Ainda, quando vazio, o Impress não refrigera e utiliza energia na mesma proporção de itens armazenados – quanto menos produtos, mais economia. Pelo fim do desperdício de comida, de dinheiro e de espaço.

Memory

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: WenYao Cai (China)?

O designer responsável pela Memory diz que um dos pequenos prazeres da vida de algumas pessoas é ser reconhecido pelo atendente do café que sabe exatamente quais são as suas preferências com relação à bebida. Sendo assim, a Memory é uma cafeteria que utiliza a biometria para fazer o café certo para a pessoa certa. Não importa se você prefere fraco, médio, forte, ou talvez goste mais de espresso do que de ristretto – a Memory sempre se lembrará de preparar uma xícara de café perfeita de acordo com o seu gosto. Basta selecionar suas preferências e escanear as digitais da sua mão. Na próxima vez, a cafeteira já estará pronta para servi-lo.

Tastee?

Fonte: Divulgação/electrolux.co.uk

Designer: Christopher Holm-Hansen (Dinamarca)

Quem nunca sonhou em ter o paladar sofisticado de um chef profissional? Com o Tastee essa tarefa fica mais fácil. O aparelho é um indicador de sabores que deve ser usado durante o preparo dos alimentos para ajudar o cozinheiro a alcançar o toque perfeito para sua preparação. Com o formato e o tamanho de uma colher normal, a principal diferença do protótipo é que ele prova o alimento por você. Utilizando receptores configurados de acordo com o paladar humano, o Tastee informa o que é preciso adicionar ou retirar no prato. O resultado final é uma refeição perfeitamente equilibrada e saborosa para que você possa degustar à vontade.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.