Tudo que entra... Veja camelos devorarem cactos como se fossem bolinhos
68
Compartilhamentos

Tudo que entra... Veja camelos devorarem cactos como se fossem bolinhos

Último Vídeo

Antes de a gente explicar o que acontece na cena que você vai ver logo mais, nos deixe esclarecer uma coisinha: os corpos dos animais não aparecem direito no vídeo, portanto, não sabemos dizer se se trata de camelos ou dromedários. Caso você confunda um com o outro — o que é supercomum —, apesar de os dois pertencerem à mesma família, os camelos possuem duas corcovas, enquanto os dromedários têm uma só.

Voltando ao assunto do vídeo, a fonte identifica os animais como sendo camelos, mas a gente aqui do Mega tem a impressão de que se trata de dromedários — e você pode opinar também nos comentários! Enfim, o fato é que essas criaturas são herbívoras e costumam habitar em regiões que não são o que podemos chamar de abundantes no que diz respeito à vegetação. Então, o que esses bichos comem, considerando que eles vivem em locais desérticos e com escassez de opções?

Espinhos? Que espinhos?

Tendo oportunidade, camelos e dromedários, que são animais ruminantes, pastam continuamente, da mesma forma que bovinos e ovinos, por exemplo. No entanto, na falta de um oásis ou pasto verdinho, a sorte é que esses bichos não são enjoados e se alimentarão do que houver disponível, como de pequenos galhos, arbustos, talinhos e de qualquer coisa que eles reconheçam como não sendo venenoso.

E, sim, se camelos e dromedários se depararem com plantas cobertas de espinhos pontiagudos, ao contrário da maioria dos animais — que não chegariam nem perto dessas variedades —, eles não recusam a oportunidade de repor os nutrientes e a água que essas opções oferecem. Confira no vídeo a seguir:

Você ficou se perguntando como é que eles conseguem devorar tantos espinhos sem se machucar? A pele resistente de suas bocas e focinhos permite que camelos e dromedários consumam praticamente qualquer vegetação que cresça em regiões desérticas, incluindo cactos e plantas semelhantes. E você deve ter se perguntado se eles não sofrem na hora de... bem, você sabe!

Como muitas vezes esses animais chegam a passar semanas inteiras sem consumir alimentos ou água, seus organismos estão adaptados para obter a maior quantidade de nutrientes possível de cada refeição. Assim, os alimentos que eles ingerem são digeridos diversas vezes — em seus estômagos, compostos por três câmaras distintas —, portanto, na hora de defecar, não resta muita coisa.

***

 Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices desse mundão afora! Cadastre seu e-mail e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.