A curiosa construção babilônica que já foi chamada de Torre de Babel
568
Compartilhamentos

A curiosa construção babilônica que já foi chamada de Torre de Babel

Último Vídeo

Nos arredores de Bagdá, no Iraque, entre os rios Tigre e Eufratres, uma curiosa formação surge no meio de um descampado. De longe, pode até parecer apenas uma arenito criado naturalmente pela chuva e pelos ventos, mas uma antiguíssima estrutura de tijolos mostra que aquilo já foi uma construção de destaque na região.

Se você não se lembrou das aulas de História, essa é a região onde ficava a antiga Mesopotâmia, que tinham como templos os zigurates. Eles eram feitos com um núcleo mais resistente de tijolos queimados, enquanto o exterior era construídos com tijolos cozidos ao Sol, portanto menos resistentes, e seguia uma formato piramidal, mas com a parte superior bem mais plana dos que as pirâmides tradicionais

Esse zigurate em questão ficava na antiga cidade de Dur-Kurigalzu e surgiu por volta de 3,5 mil anos atrás, quando os cassistas domivam o Império Babilônico. O zigurate de Dur-Kurigalzu era uma homenagem ao principal deus da Babilônia, Enlil, enquanto a cidade servia como fortaleza e proteção da principal rota de comércio que levava até o Afeganistão, que na época era uma das maiores fontes de lápis-lazúli – uma pedra semipreciosa atualmente, mas que na época valia uma fortuna.

Durante o século 19, o zigurate despontava sozinho na imensidão do planalto deserto

Torre de Babel

A cidade de Dur-Kurigalzu foi dizimada por volta do século 12 a.C., quando os elamitas a invadiram e destruíram tudo. Com o tempo, as construções mais externas do zigurate também sofreram a ação do tempo, restando apenas o miolo do templo. Porém, ele está extremamente erodido e corre o risco de desmoronar a qualquer momento.

Em tempos áureos, o zigurate de Dur-Kurigalzu tinha 60 metros de altura e uma área de 70 metros quadrados. Apenas o interior permanece em pé, mas, nos anos 1970, durante o governo de Saddam Hussein, alguns pavimentos foram escavados no entorno da construção e a área externa do zigurate foi restaurada.

Durante séculos após o fim de Dur-Kurigalzu, o zigurate serviu de ponto de referências para caravanas, nômades e comerciantes. Já aventureiros ocidentais que primeiro chegaram à região apelidaram a construção de Torre de Babel, em referência ao mito descrito no livro de Gênisis da Bíblia.

Zigurate restaurado: templo já foi chamado de Torre de Babel

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.