Crase nossa de cada dia

Último Vídeo

A coluna desta semana traz um assunto muito popular entre as dúvidas de quem escreve: a crase. A ideia é ajudar você a entender melhor quando e por que ela existe ou não. Afinal, assim fica bem mais fácil! Confira o resuminho a seguir, que pode muito bem ser salvo aí nos seus arquivos.

Ao contrário do que muita gente pensa, crase não é o nome do acento, mas sim como se chama a união da preposição “a” com o artigo definido “a(s)” ou com o “a” inicial dos pronomes demonstrativos “aquele(s)”, “aquela(s)” e “aquilo”, ou, ainda, com o “a” inicial dos pronomes relativos “a qual” e “as quais”.

Ok, mas como saber se tem crase?

O ponto de partida é: só existe crase antes de substantivos femininos determinados pelo artigo “a” e subordinados a termos que pedem a preposição “a”. Veja alguns exemplos bem práticos: 

Vamos à (a + a) loja(o verbo ir pede a preposição “a” = ir a algum lugar. Loja é um substantivo feminino precedido do artigo “a”).

Recorreremos à (a + a) Justiça se for preciso. (o verbo recorrer pede a preposição “a” = recorrer a alguém. Justiça é uma palavra feminina precedida do artigo “a”). 

DICA: para descobrir rapidamente (sem internet ou dicionário) se um verbo pede preposição, você pode substituir mentalmente o complemento dele por um substantivo masculino. Se nessa substituição aparecer o “ao” (preposição a + artigo o), você já pode concluir que existe crase. 

Vamos aproveitar o exemplo do verbo “recorrer”. Se a dúvida surgisse, você poderia trocar “Justiça” por “órgão responsável”, digamos. Ficaria assim: Recorreremos AO órgão responsável se for preciso

(Fonte: Giphy)
(Fonte: Giphy)

NÃO TEM CRASE

Antes de:

– substantivos masculinos: Estou a caminho do trabalho. / Prefiro ir a pé.

– verbos no infinitivo: A seguir você confere dicas. / Começaram a discutir do nada.

– pronomes pessoais e formas de tratamento: Isso interessa a ela (a mim, a você, a nós).

– pronomes que não admitem artigo: Não revelou a informação a ninguém. / Cheguei a esta cidade sozinha.

– numerais cardinais: Assisti a duas peças recentemente.

– locuções formadas com palavras repetidas: frente a frente, uma a uma, de ponta a ponta.

CRASE OPCIONAL

Antes de:

– pronomes possessivos: Ela estava atenta às (ou a) minhas palavras. 

– antes de nomes próprios de mulheres: O material foi entregue à (ou a) Juliana.

TEM CRASE

Antes de:

– locuções (ou expressões) adverbiais formadas de substantivo feminino: à direita, à esquerda, à noite, às vezes, à toa, à solta, às pressas, à vista.

– locuções (ou expressões) prepositivas formadas de substantivo feminino: à espera de, à beira de, à prova de.

– locuções (ou expressões) conjuntivas formadas de substantivo feminino: à medida que, à proporção que.

Até semana que vem!

***

Debora Capella, colunista semanal do Mega Curioso, é mestre em Estudos da Linguagem e atua nas áreas de revisão, edição, tradução e produção de textos há 15 anos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.