Seja o primeiro a compartilhar

Qual a diferença entre imigrar e emigrar?

Você sabe qual a diferença entre os verbos "emigrar" e "imigrar"? Uma pessoa que saiu de um país para firmar morada em outro território tecnicamente acabou fazendo as duas coisas, mas o uso das palavras depende de que ponta da viagem nós estamos falando. Porém, é bastante comum que isso cause confusão nas pessoas.

Tanto "emigrar" quanto "imigrar" derivam do latim migrare, o qual significa "ir de um lugar para outro". Portanto, para compreendermos a diferença entre os dois termos, precisamos remover a parte "migrar", que aparece em comum entre eles, e nos aprofundarmos no que resta de cada um deles. 

Analisando os termos

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Vamos começar pela palavra "emigrar". Neste caso, a letra "e" é uma abreviação do prefixo "ex", que por sua vez expressa um sentido de origem. Assim como as palavras "excluir" ou "escavar", a palavra "emigrar" se refere ao ato de tirar algo de outra coisa. Portanto, se você está citando o processo de emigração, você deveria estar se referindo a alguém que saiu de algum lugar em específico. 

Gramaticalmente falando, é impossível dizer que uma pessoa está emigrando para um país. Por outro lado, isso pode ser feito por alguém que está imigrando. Nestes casos, o prefixo "im" possui significado de transferência "para" algum lugar, assim como a palavra "implante". 

Dessa forma, o termo imigração deveria ser apenas utilizado nos casos de pessoas que estão se mudando para algum país. Para te ajudar a lembrar da diferença entre os dois termos, tenham em mente sempre que:

  • No Brasil, um brasileiro que está saindo do país para morar no exterior pode ser chamado de emigrante
  • Porém, esse mesmo brasileiro será considerado um imigrante no país em que ele chegar

Imigração e emigração ao longo dos anos

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Os movimentos migratórios são algo bastante comum na história da humanidade. Por exemplo, diversas cidadãos dos países envolvidos na Segunda Guerra Mundial emigraram de suas terras e se tornaram imigrantes de nações que estavam afastadas das regiões de conflito.

O mesmo aconteceu recentemente com os refugiados da Guerra da Síria, que foram embora de seu país para buscar condições melhores de vida nos países europeus e até mesmo na América do Sul. Historicamente, o Brasil é conhecido por sempre ter recebido muitos imigrantes que emigraram de suas terras — não à toa temos as maiores comunidades de italianos e japoneses fora da Itália e do Japão, respectivamente.


Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER