Escrever é muito mais que juntar palavras

Escrever é mais que juntar palavras. Há uma série de fatores que determinam o que faz sentido ou não; e disso você já sabe, mesmo que intuitivamente em muitos casos. É fácil perceber, por exemplo, que o famoso Mestre Yoda fala “ao contrário”.

(Fonte: Elaboração da autora)
(Fonte: Elaboração da autora)

Isso tem a ver com a chamada coesão textual, responsável por promover a articulação entre os elementos. Basicamente, ela é fundamental para que os textos façam sentido. Eis algumas dicas quanto a isso:

1. Observe a ordem das palavras

Aproveitando como exemplo o conselho do Yoda acima, a ordem indicada seria Você deve estudar sempre.

2. Fuja da ambiguidade

Observe a frase Ele exigiu o dinheiro da esposa

É possível ter certeza se o dinheiro é da esposa e estava com ela, sendo exigido pelo marido, ou se só era da esposa e o marido estava exigindo que outra pessoa o devolvesse? Ambiguidade total nessa frase! Evite situações assim.

3. Aplique os termos conectivos adequados

É preciso verificar a função exercida: adição, oposição, conclusão, concessão, comparação etc. A propósito, confira abaixo uma tabela superútil com exemplos de conectivos dentro de cada categoria. 

(Fonte: Elaboração da autora)

(Fonte: Elaboração da autora)

Até semana que vem!

***

Debora Capella, colunista semanal do Mega Curioso, é mestre em Estudos da Linguagem e atua nas áreas de revisão, edição, tradução e produção de textos há 15 anos.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.