(Fonte da imagem: Reprodução/The Wall Street Journal)

Se você achava que a única coisa que se passa nas mãos dos ginastas para não escorregar das barras paralelas é aquele pó branco — o carbonato de magnésio —, saiba que você está enganado. De acordo com uma notícia publicada pelo The Wall Street Journal, os atletas olímpicos utilizam uma variedade de produtos e misturas para deixar as mãos coladas nos aparelhos.

Na verdade, trata-se de uma verdadeira alquimia, que envolve misturas de cerveja, mel, Coca-Cola, jujubas derretidas, xarope de milho, cuspe, melaço etc., sendo que cada ginasta possui a sua própria receita secreta para criar a meleca mais grudenta do mundo. Alguns, inclusive, contam com a ajuda e o conhecimento técnico de químicos para elaborar essas colas.

Sem restrições para colar

Segundo a publicação, a Federação Internacional de Ginástica não apresenta nenhuma regra ou restrição específica relacionada às melecas que os atletas podem aplicar nas mãos, portanto, eles são livres para ir à loucura e inventar qualquer grude que os mantenha firmes às barras.

Nos Estados Unidos, por exemplo, dentre todas as melecas conhecidas para colar as mãos nos aparelhos, a grande favorita é o mel que, aliás, é bastante conhecido pelos benefícios à pele e largamente utilizado pela indústria de produtos cosméticos.

Fonte: The Wall Street Journal