2.748
Compartilhamentos

Para discutir racismo e xenofobia, supermercado alemão esvazia prateleiras

A crise dos refugiados é um dos maiores movimentos migratórios humanos já vistos na Terra. Muitos saem de seus países em guerra para tentar a sorte em outros lugares. O destino preferido continua sendo a Europa, que tem vivido uma grande crise por conta dessa enxurrada de estrangeiros chegando todos os dias.

Obviamente, isso tem encontrado muita resistência por parte da população, que, às vezes, resolve partir para o racismo e para a xenofobia na hora de expor suas “opiniões”. Para questionar esses assuntos de uma maneira diferente, um supermercado da Alemanha resolveu retirar todos os produtos importados de suas prateleiras, substituindo-os por mensagens exaltando a importância da globalização.

O estabelecimento em questão é o Edeka, de Hamburgo, que faz parte da maior rede de supermercados do país. Acredita-se que essa campanha vá se espalhar para outras unidades, mostrando como o povo alemão depende em seu dia a dia de produtos feitos em outros países.

Várias prateleiras ficaram vazias

As várias placas espalhadas pelas prateleiras vazias diziam: “Esta prateleira é muito chata sem diversidade”, “Nossa variedade agora conhece fronteiras”, “Isso é o quão vazio fica uma prateleira sem estrangeiros” e “Seremos mais pobres sem a diversidade”.

O alemão Sven Schmidt compartilhou em seu Twitter as fotos da campanha, que rapidamente viralizaram, alcançando mais de 20 mil curtidas e 8 mil compartilhamentos. Ele conta que recebeu muitas mensagens positivas, mas que as mensagens de ódio em relação à campanha fizeram valer o fato de ele ter divulgado as imagens, já que provam a importância do debate.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.