Este soldado estava prestes a se matar quando algo incrível aconteceu
896
Compartilhamentos

Este soldado estava prestes a se matar quando algo incrível aconteceu

Último Vídeo

Soldados de guerra são pessoas propensas a desenvolver a Síndrome do Estresse Pós-Traumático, que acaba afetando a saúde mental dessas pessoas e as fazendo ter contato constante com memórias tristes e doloridas, como se estivessem em guerra ainda.

Josh Marino é um veterano da Guerra do Iraque que sabe muito bem como é viver com essa síndrome. No caso dele, o problema foi tão grande que Marino chegou ao ponto de ter certeza de que precisaria cometer suicídio.

Como já estava cansado de lidar com todos aqueles traumas, escreveu um bilhete de despedida, pegou uma faca e foi dar uma volta para fumar um último cigarro.

Mudança de planos

Mutual rescue

De repente, ele ouviu um gatinho miando que, ao perceber a presença do soldado, caminhou em sua direção e começou a pedir carinho. Emocionado, Marino agradou o bichano e aquele momento o fez ter uma crise de choro e desistir de sua ideia inicial.

A partir desse encontro inusitado, tudo mudou. Marino adotou o gatinho, que chamou de Scout, e acredita que o animal salvou sua vida. O veterano diz que por causa do seu amigo felino parou de pensar em seus traumas e passou a imaginar o que poderia fazer para dar ao gatinho uma vida boa e tranquila.

Resgate mútuo

Mutual rescue

Em um vídeo que fez para contar sua história, Marino diz que seu sofrimento foi curado pela companhia de Scout. O depoimento foi feito para a organização Mutual Rescue, que trabalha promovendo os benefícios da adoção de um animal de estimação por pessoas que passaram por momentos difíceis e traumáticos.

A ideia da organização é mostrar como os animais podem nos ajudar a superar esses traumas e também como nós, seres humanos, podemos proporcionar uma vida digna a esses animais, com cuidados e todo o carinho que merecem.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.