Seja o primeiro a compartilhar

9 movimentos espirituais que existem no mundo e que você talvez desconheça

1 – Raelismo

Fundado pelo piloto de testes francês Claude Verilhon — também conhecido como Rael — em 1974, o Raelismo se baseia na crença de que todas as formas de vida que existem no nosso planeta, incluindo os seres humanos, foram criadas há milhares de anos por cientistas alienígenas.

2 – Onda Pana

A Onda Pana consiste em um movimento espiritual que combina elementos do budismo, cristianismo e conceitos pagãos fundado no Japão em 1977 — e cujos seguidores acreditam que várias questões que afetam o mundo moderno, como é o caso do aquecimento global e das mudanças climáticas, são provocadas pela emissão de ondas eletromagnéticas.

Estranho Numa Terra Estranha "Um Estranho Numa Terra Estranha" (Mental_Floss)

3 – Igreja de Todos os Mundos

A Igreja de Todos os Mundos é um movimento neo-pagão criado pelo casal de norte-americanos Oberon e Morning Glory Zell-Ravenhart em 1962. Ele surgiu a partir de um grupo de amigos que se inspiraram em uma religião de mesmo nome descrita na obra de ficção científica Stranger in a Strange Land — título em português Um Estranho Numa Terra Estranha —, de Robert A. Heinlein, que conta a história de um humano criado por habitantes de Marte e seu ao planeta Terra.

4 – Pessoas Cósmicas dos Poderes da Luz

O movimento conhecido como Pessoas Cósmicas dos Poderes da Luz foi criado nos anos 90 por um homem chamado Ivo Banda, da República Tcheca. O fundador também é conhecido pelo nome de Astar — e esse cara diz ter tido vários encontros com seres de civilizações alienígenas, encontros esses que o levaram a desenvolver sua “religião”, focada em combater tecnologias modernas e ideias do mal e em espalhar o amor e vibrações positivas.

5 – Aghori

Este sinistro movimento surgiu no século 14, a partir de uma ramificação da Ordem Kapalika, do hinduísmo indiano, e hoje é condenada por conta de seus controversos — e abomináveis — rituais. Isso porque dizem que os seguidores do Aghori vivem nos locais usados para a cremação e decomposição dos mortos, onde meditam sobre os cadáveres, espalham as cinzas dos que foram cremados sobre a pele, usam os crânios como utensílios e ingerem carne humana como parte de sua prática.

Praticante de AghorePraticante de Aghori (Quora)

6 – Igreja do Subgênio

Estabelecida pelo escritor e produtor cinematográfico Ivan Stang nos anos 70, a Igreja do Subgênio consiste em um movimento satírico que tem como figura central — ou “profeta”, por assim dizer — um suposto vendedor norte-americano chamado J.R. “Bob” Dobbs. A Igreja do Subgênio conta com vários milhares de seguidos nos EUA, e se baseia na crítica às verdades absolutas e na adoção de um estilo de vida mais interpretativo.

7 – Discordialismo

Também conhecido como “Religião do Caos”, o Discordialismo foi criado entre o finalzinho dos anos 50 e início dos 60 pela dupla de hippies Greg Hill e Kerry Thornley. O movimento se baseia na ideia de que a ordem e desordem são ilusões estabelecidas tanto pelo Universo como pelo nosso sistema nervoso — e que uma pode não pode ser considerada como mais verdadeira ou correta do que a outra.

George KingGeorge King, fundador da Sociedade Etérea (Vice)

8 – Sociedade Etérea

Proposto pelo praticante de ioga australiano George King — que teria tido encontros com seres alienígenas na década de 50 —, o movimento conhecido como Sociedade Etérea está baseado em filosofias pregadas por algumas religiões terrenas, como o hinduísmo, budismo e cristianismo, bem como em ideias (supostamente) transmitidas por inteligências superavançadas oriundas de outros planetas.

9 – Templo da Verdadeira Luz Interior

Sediado em Manhattan, Nova York, o Templo da Verdadeira Luz Interior é um movimento espiritual cujos seguidores acreditam que todas as religiões do mundo estão baseadas em experiências psicodélicas — e que substâncias psicoativas como o LSD, a mescalina (obtida a partir do cacto peiote) e a psilocibina (extraída de cogumelos alucinógenos), são os verdadeiros corpos de “Deus”.

*Publicado em 13/11/2017

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER