7 dicas para não extrapolar os gastos durante uma viagem
60
Compartilhamentos

7 dicas para não extrapolar os gastos durante uma viagem

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Não há dúvidas de que viajar é uma das atividades favoritas de milhões de brasileiros, independente da idade. Mas, em tempos de crise econômica, percebemos que essa prática tem diminuído bastante e, em alguns casos, inclusive sendo eliminada da lista de planejamento de muitas famílias.

Para que isso não ocorra — e você não precise abrir mão de seus momentos de descanso e lazer —, confira sete dicas especiais que podem ajudar você a organizar uma viagem sem extrapolar nos gastos ou correr o risco de ficar no vermelho no final do mês:

1. Planejamento

Planejamento(Pixabay/StartupStockPhotos )

Para ter sucesso na viagem, é preciso fazer um planejamento com antecedência e colocar na ponta do lápis se o orçamento estipulado será suficiente para arcar com os custos de passagens, hospedagens e alimentação. Procure sempre pesquisar os destinos que deseja conhecer para organizar as finanças e aproveitar ao máximo;

 2. Descontos de hotéis e passagens

Busca de hoteis(Pixabay/Ming Dai)

Acompanhar os hotéis do destino escolhido e as passagens aéreas é ação imprescindível para conseguir excelentes descontos. Vale a pena acompanhar nas redes sociais e assinar newsletters das companhias aéreas e blogs especializados. É fundamental definir qual o tipo de hospedagem que procura e o valor que deseja investir. Entre hostels supersimples e econômicos e hotéis com café da manhã incluso, há uma imensa variedade de opções disponíveis. Neste fim de ano, diversas promoções vêm surgindo e basta acompanhar para aproveitar ao máximo alguma delas;

 3. Milhas

Milhas do cartão de crédito(Pixabay/Michal Jarmoluk)

Resgatar as milhas dos cartões de crédito pode ser uma alternativa para economizar ou até mesmo conseguir de graça passagens aéreas. Mas é preciso ter cuidado e tomar as precauções necessárias para não extrapolar os gastos do orçamento mensal e, ao mesmo tempo, priorizar essa de pagamento perante outros, já que esse é o único que — recorrentemente — oferece milhas para serem resgatadas e pode possibilitar uma viagem gratuita no fim do ano. Acompanhe também as promoções de resgate de milhas, já que elas costumam vir de tempos em tempos e serem supervantajosas.

 4. Escolha dos destinos internacionais

Voos internacionais(Pixabay/Angelica Spínola Masy)

É possível escolher destinos cujas moedas estejam desvalorizadas se comparadas ao nosso Real (BRL). Alguns exemplos que se enquadram nessa variável são os países da América do Sul, como a Argentina - que faz com que alguns serviços e produtos tenham valores inferiores quando comparados aos seus compatíveis no Brasil.

 5. Locais destinados a turistas

Mala de turista(Pixabay/Stefan Schweihofer)

Uma dica para economizar dinheiro é fugir dos bares e restaurantes que são frequentados pelos turistas, pois, normalmente, nesses estabelecimentos os preços costumam ser mais altos. Vale a pena conversar com os habitantes locais para saber quais são os estabelecimentos de que eles gostam de frequentar e são seus favoritos;

 6. Cuidado ao usar o cartão de crédito internacional

Cartão crédito internacional(Pixabay/TheDigitalWay)

Devido à taxa do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) de 6,38% sobre o valor total da compra, o uso do cartão de crédito internacional pode vir a ser um problema, uma vez que os bancos utilizam o dólar como referência de câmbio e cobram pela cotação do dia do faturamento do cartão, e não da compra, podendo tornar você uma vítima das oscilações cambiais;

 7. Calcule os presentes

Presentes e souvenires(Pixabay/Harry Strauss)

É muito comum quando fazemos qualquer tipo de viagem trazer presentes para amigos e familiares. Mas devemos tomar cuidado para não extrapolar nosso orçamento ao fazê-lo! Às vezes, lembrancinhas e souvenires locais podem ser suficientes, além de cartões postais enviados diretamente do destino. O importante é mostrar que você se lembrou daquela pessoa que ama enquanto viajava, e não trazer o produto mais caro ou "de última geração".

 ***

Se você seguir à risca a maioria destas dicas, você certamente aumentará as suas chances de economizar significativamente sem deixar de aproveitar a sua viagem e conhecer belíssimos lugares no destino escolhido. Aproveite!

* Por Alexandre Rodrigues, CEO e fundador da Evnts, plataforma tecnológica de reserva de hotéis para eventos e grupos.

Pensando em viajar? Compre passagens com milhas sem possuir milhas e pague até metade do preço confira clicando aqui.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.