Artista tatua o ânus em protesto contra Donald Trump
6.452
Compartilhamentos

Artista tatua o ânus em protesto contra Donald Trump

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

O atual presidente dos EUA não é conhecido por sua popularidade, convenhamos, e o que não faltam são pessoas protestando contra o que ele diz ou faz em seu governo. Até aí, tudo bem, certo?

O protesto sobre o qual falaremos agora está chamando a atenção justamente pela sua peculiaridade, digamos assim. Basicamente, o artista performático Abel Azcona resolveu tatuar o slogan da campanha do presidente, “Make America Great Again” – detalhe: a tatuagem foi feita ao redor de seu ânus.

Azcona, que já protagonizou mais de 500 performances e já participou de mais de 100 exibições artísticas ao redor do mundo, fez a tatuagem diante de inúmeras pessoas. Para ele, a marca é um ato político que protesta contra as medidas polêmicas do governo Trump, que não simpatiza com as causas LGBT.

Protesto definitivo

“Eu sempre trabalhei meu corpo como uma arma e uma ferramenta política. Por mais de 12 anos eu tenho feito performances políticas e sociais e exibições que já me levaram para a prisão, detenção e ameaças de morte. Eu acredito no empoderamento do corpo e da dor. O ânus é uma zona de prazer para muitas pessoas, e uma área de pecado para outras. Acho que desmistificar o que é o ânus e escrever um lema político fascista como esse em meu ânus é claramente um ato crítico e subversivo”, disse o artista, em declaração publicada no Huffington Post.

Para ele, todas as pessoas que se sentem marginalizadas ou discriminadas pelo governo Trump devem se manifestar da melhor maneira possível: “Eu acredito que todos que nos consideramos diferentes nunca deveríamos silenciar. Nós devemos atacar. Devemos usar nosso corpo como uma arma de empoderamento. Somos bichas, mulheres, mexicanos, negros e diferentes. E nós somos bravos. A arte é a maior arma crítica, social e política que eu conheço”, finalizou.

Se você quiser ver o resultado final da tatuagem, que é uma imagem que pode ser considerada forte e inapropriada, clique no link que está abaixo do segundo parágrafo deste texto.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.