Já parou para pensar por que os passaportes têm sempre as mesmas cores?
83
Compartilhamentos

Já parou para pensar por que os passaportes têm sempre as mesmas cores?

Último Vídeo

Para a decepção de quem adora deixar tudo personalizado, o passaporte é um dos documentos menos flexíveis que possuímos; afinal, não é permitido sorrir nem fazer qualquer gracinha na foto que vai no documento, muito menos colocar aquela frase inspiradora que você adora. Também não é permitido escolher a cor da capa, uma vez que ela é padronizada de acordo com o país. Mas por que os passaportes só existem em tons de verde, vermelho, azul e preto? 

A resposta é mais simples do que você imagina: não há regra definida pelos governos para escolher a cor do passaporte. Mas, calma, pois também não é como se as cores utilizadas fossem totalmente aleatórias. 

A Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) tem, de fato, algumas recomendações sobre tamanhos e fontes utilizadas em documentos que serão lidos por máquinas, o que inclui os passaportes. Fora isso, há regras rígidas sobre o material, que não pode se rasgar ou amassar e deve manter sua leitura possível em temperaturas de -10 °C a 50 °C. 

passaporte

No caso das cores, o critério é bem simples. Boa parte dos tons utilizados são variações mais escuras das cores vermelho, azul, verde e preto porque elas parecem mais oficiais  imagine só como seria um passaporte da cor rosa millennial! Não parece algo muito sério, né? Anthony Philbin, chefe de comunicação da OACI, confirmou que realmente não há regras a respeito da cor  mas, por outro lado, pode haver significados para a cor escolhida por cada país. No caso dos islâmicos, por exemplo, o verde é utilizado por seu significado religioso, por acreditarem que era a cor predileta do profeta Maomé. 

Já em relação aos passaportes azuis  como é o caso do Brasil , a cor escolhida faz referência ao "Novo Mundo", de modo que 15 países do Caribe e todos os países do Mercosul usam o passaporte azul  menos a Venezuela, que possui o documento em vermelho. No caso dos Estados Unidos, os passaportes eram verdes; o azul só foi adotado em 1976.  

Países como Nova Zelândia e Zâmbia, contudo, utilizam passaportes de cor preta, que ajuda a esconder possíveis sujeirinhas e, claro, parece mais oficial. Contudo, é possível encontrar passaportes pretos também para missões diplomáticas, utilizados por pessoas com benefícios especiais. No Reino Unido, por exemplo, os detentores de passaportes pretos podem entrar em quase 150 países sem precisar de vistos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.