Casa de repouso contrata dançarinas de pole dance para entreter idosos
381
Compartilhamentos

Casa de repouso contrata dançarinas de pole dance para entreter idosos

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Casas de repouso precisam se esforçar para garantir que seus residentes tenham saúde, conforto e, claro, algum tipo de entretenimento, afinal já se foi o tempo em que a velhice era tratada como um período de repouso compulsório.

Com essa ideia de promover entretenimento em mente, uma dessas casas de repouso está dando o que falar, e as fotos que você vai ver mais abaixo mostram o motivo.

Lá, dançarinas de pole dance foram contratadas para entreter os idosos e, obviamente, a novidade acabou gerando polêmica – se por um lado temos quem considere a medida divertida, por outro há muita gente achando que a ideia é inapropriada para o local.

Ainda assim, os responsáveis pela Fairmile Grange, que fica em Dorset, na Inglaterra, mantém a decisão de contratar as dançarinas para se apresentarem nas estruturas da casa, até mesmo porque a escolha veio dos próprios residentes.

A diretora da instituição, Izzy Nicholls, diz que a ideia é envolver os residentes em atividades mais modernas, quebrando estereótipos e preconceitos.

Festa no asilo

A responsável pela companhia de dança, Katie Henry, disse que suas dançarinas estão apenas promovendo uma forma diferente de entretenimento, e que a própria instituição solicitou algo diferente do tradicional: “Existem diferentes estilos de pole dance, mas o estilo performado na Fairmile Grange foi ginástico e com músicas com uma temática anos 50 e 60”, explicou ela.

Katie ainda lembrou que esse estilo de dança é um esporte que não tem qualquer tipo de discriminação. No final das contas, se os idosos pediram para ver a dança e se gostaram do que viram, por que será que a situação acabou gerando tantos comentários negativos? Vale frisar, ainda, que as danças foram apresentadas de forma técnica e não em caráter sensual. E você, o que achou da ideia?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.